Star Wars: A Ascensão Skywalker
Star Wars: A Ascensão Skywalker, próximo filme da saga, que chega em dezembro de 2019 aos cinemas (Imagem: Divulgação/Lucasfilm)

As especulações com relação à saga Star Wars não são somente sobre o próximo filme da franquia, Star Wars: A Ascensão Skywalker, que chega no próximo dia 19 de dezembro aos cinemas. Os rumores são, também, sobre os bastidores das produções em geral. Muitos se questionam, por exemplo, se o famoso diretor Rian Johnson deve voltar a desempenhar seu papel por trás das câmeras.

Para quem não se lembra, Johnson foi o responsável por dirigir o filme Star Wars: Os Últimos Jedi (2017). O filme recebeu boa aprovação e recomendação da crítica. Para se ter uma ideia, com 454 críticas contabilizadas no agregador de reviews Rotten Tomatoes, o filme fechou com 91% de aprovação. Entretanto, muitos fãs questionaram a produção e também o trabalho do diretor.

Em entrevista ao site de notícias de entretenimento Deadline, o cineasta falou sobre a possibilidade de voltar a trabalhar com a franquia criada por George Lucas, da produtora Lucasfilm. Entretanto, Johnson não deu certeza sobre seu retorno ao posto de diretor em um futuro filme da saga. “Ainda estamos envolvidos com a Lucasfilm e vamos esperar para ver. Não há atualizações no momento, mas é isto”, disse o diretor.

Vale lembrar que o diretor foi o segundo a integrar a leva de filmes recentes de Star Wars, levados ao cinema, de 2010 para cá, com mais agilidade. A atitude foi criticada por muitos. E o próprio CEO da Disney, Bob Iger, reconheceu que houve um exagero com relação à produção. Agora, a empresa do Mickey já indicou que vai tomar cuidado com a franquia após levar muito rapidamente histórias da saga às telonas. Em entrevista concedida à BBC, o CEO da Disney, Bob Iger, explicou esse cuidado.

“Eu disse publicamente que acho que fizemos e lançamos muitos filmes de Star Wars por um curto período de tempo. Eu não disse que eles foram decepcionantes de forma alguma. Eu não disse que estou decepcionado com o desempenho dele. Só acho que há algo tão especial em um filme de Star Wars e que, com isso, menos é mais”, disse Iger.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui