Foto promocional para o filme Doutor Sono (Imagem: Divulgação)

As cenas pós-créditos têm se popularizado e se espalhado por muitos filmes, de gêneros distintos. Agora, espectadores que estão se preparando para irem aos cinemas assistir à história de Doutor Sono estão se perguntando se o filme possui pós-créditos. E aqui revelamos que a trama, encabeçada por Ewan McGregor, não tem cenas pós-créditos.

Desse modo, a última cena exibida antes dos créditos de encerramento do longa-metragem, dirigido por Mike Flanagan, é realmente a cena final. Entretanto, está confirmada a ligação do filme com o longa de terror O Iluminado, lançado no ano de 1980 e dirigido pelo cineasta Stanley Kubrick.

Para quem não sabe, as duas produções são baseadas em obras do escritor Stephen King. E Doutor Sono traz desdobramentos da fase adulta do personagem Danny Torrance, ainda menino na história de O Iluminado. Em conversa exclusiva com o portal CinePOP, o diretor Mike Flanagan confirmou que Doutor Sono pode ser entendido como uma sequência direta do filme dos anos 1980.

Ao site de notícias de entretenimento, após ser questionado sobre essa possibilidade, ele esclareceu: “Sim, acredito que sim [pode ser considerado uma sequência]. Eu definitivamente posso dizer isso. É, inegavelmente, uma sequência ao filme de Stanley Kubrick, mas também é uma verdadeira adaptação do livro Doutor Sono”.

E o filme parece ter agradado o escritor original, Stephen King. O escritor usou seu Twitter para elogiar o terror Doutor Sono. Ele afirmou que o longa irá agradar muito todos aqueles que gostaram da adaptação de O Iluminado. Mike Flanagan é um diretor talentoso e um excelente contador de histórias. Esse filme é muito bom. Você vai gostar desse filme se você gostou de O Iluminado e também de Um Sonho de Liberdade. É muito imersivo”, disse.

Entretanto, embora o filme, até o momento, some 74% de aprovação no agregador de reviews Rotten Tomatoes, as análises seguem divididas. Para se ter uma ideia, entre as avaliações já feitas sobre o filme por vários veículos, contabilizadas ou não pelo Rotten Tomatoes, o longa de Flanagan foi caracterizado, por exemplo, como “uma bagunça”. É o que disse o analista Darren Franich, da Entertainment Weekly.

“Doutor Sono é uma bagunça. É longo demais, tem um conflito entre uma sobriedade sombria e emoções baratas e loucas. As homenagens ao filme O Iluminado são baratas e sem vergonha. Os sustos são mais engraçados do que assustadores. Dan é um problema. McGregor [o ator Ewan McGregor] costumava ser um ator muito vivo, mas aqui ele está congelado”, escreveu.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui