Sarah Jessica Parker está implorando para que pessoas deem dinheiro para salvar teatros

Em momentos de grandes guerras, conflitos e crises, as pessoas sempre recorreram ao escapismo do teatro e cinema para continuar vivendo, mas diante de um vírus mortal que se pega pelo ar, isso se torna impossível, mas a atriz Sarah Jessica Parker está implorando para as pessoas irem até a Broadway, alegando que a casa de espetáculos mais famosa do mundo, precisa disso mais do que nunca. 

A estrela de Sex and the City, que foi escalada para aparecer em uma nova montagem da peça Plaza Suite há alguns meses, ao lado de seu marido Matthew Broderick, escreveu em um artigo para a revista Variety, dizendo que espera que as pessoas que fugiram de Nova Iorque durante a pandemia possam voltar e abrir suas carteiras, pavimentando um retorno para o teatro.

“Estou encorajando as pessoas a voltarem para Nova Iorque e reinvestir em nossa comunidade”, disse ela no artigo. “Quer seja um teatro ou um pequeno negócio, você não pode reabrir um negócio até que você tenha os clientes lá – é uma coisa psicológica. E acredito que cabe às pessoas que tiveram sucesso nesta cidade reinvestir, voltar para casa”.

Segundo a atriz, que confirmou seu retorno num segundo filme de Abracadabra para o Disney+, quando ela não está trabalhando, é no teatro que encontra suas forças. “O teatro e o balé é onde eu vou, para me conectar e me inspirar”, Parker também escreveu sobre todas as pessoas direta e indiretamente empregadas pela indústria.

“O teatro é a forma como induzimos os visitantes a vir à nossa cidade e planejar aquelas tardes e noites especiais, que mantêm uma rede tão vasta de meus concidadãos empregados e à tona”, explicou ela. “Todas as pessoas que conheço e todas as pessoas que não conheço que estão desempregadas precisam de teatro para o aluguel, a hipoteca e a educação dos filhos – todos os incontáveis ​​’e’ que estão criando tanta ansiedade em toda a cidade e a nação.”

A atriz de 55 anos disse que está ansiosa em parte pelo retorno do teatro por causa de “novas vozes, novos pontos de vista e novos investimentos no teatro por parte dos atores e do público”. Assim como outras dezenas de produções, Plaza Suite também foi paralisada, retornando em meados de 2021, se possível.