Scarlet Johansson fala sobre teoria de possível futuro para Viúva Negra após Ultimato

Viúva Negra (Divulgação)

O sacrífico da Viúva Negra em Vingadores: Ultimato deixou os fãs de boca aberta, sendo um dos momentos de maior emoção do filme. Ainda assim, há quem acredite que a heroína pode estar viva, mesmo que em uma linha temporal diferente. 

Scarlet Johansson, que dá vida à personagem, não se cansa de responder essa dúvida dos fãs. No ano passado, a atriz foi ao programa The to Night Show, e concedeu uma entrevista, na qual foi perguntada a respeito da popular teoria que assegura a vida de Natasha Romanoff.

“Existem poucas coisas certas, mas definitivamente a morte é uma certeza, está claro? As pessoas… elas definitivamente não acreditam nisso e tentaram me convencer de que meu personagem realmente não morreu, mas que talvez exista em um universo alternativo. Mas não, acho que a morte é a coisa final”, disse a atriz.

Já o filme da Viúva Negra chega aos cinemas brasileiros em 30 de abril deste ano. O enredo se passa após os eventos de Capitão América: Guerra Civil. Na trama, Natasha Romanoff confronta o seu passado quando uma conspiração ligada a ela vem à tona. O filme acompanha o desenrolar das relações que a Viúva Negra deixou para trás quando se tornou uma vingadora. 

Em entrevista recente ao programa The Late Show with Stephen Colbert, Johansson chegou a comentar sobre os questionamentos que sempre ouve dos fãs que o longa da heroína teria que ser lançado antes de ter finalizado o seu ciclo, em Ultimato.

“Muitos me perguntam se o filme deveria ter acontecido antes e agora elas ficam pensando se hoje já não é tarde demais para isso. Mas eu não poderia mesmo ter feito esse filme há dez anos, quando nós começamos a nossa jornada na Marvel. Isso por que ele é algo tão… é um filme muito sobre a personagem. Minha jornada com Natasha acrescentou tanto a esse filme e ela é uma mulher muito reconhecida e acho que essa complexidade é simplesmente deliciosa. Não quer dizer que não teria sido algo totalmente divertido e diferente dez anos atrás, mas agora nós podemos fazer algo que é simplesmente bom”, analisou.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.