Scarlett Johansson desistiu de viver Dante “Tex” Gill no filme Rub & Tug após polêmica (Reprodução)

Scarlett Johansson é uma das melhores – e como consequência, mais bem pagas – atrizes da sua geração. Sua carreira alcançou novos níveis depois que assumiu a personagem Viúva Negra no MCU, mas toda a fama não foi suficiente para evitar que ela se envolvesse em uma série de polêmicas.

Uma das mais recentes envolveu a biografia Rub & Tug do diretor Rupert Sanders, que irá contar a história de Dante “Tex” Gill, um homem trans que se tornou chefe do crime e dominou o mercado de “casas de massagem” na cidade de Pittsburgh nos anos 70. Gill, que era casado com Cynthia Bruno, também foi o responsável por prover anabolizantes para o time de futebol americano da época.

Quando a notícia da escalação de Johansson se tornou pública, se seguiu uma enxurrada de críticas sobre a escolha, apontando para o fato de que vários atores trans poderiam ter assumido o papel em seu lugar. A resposta da atriz colocou ainda mais lenha na fogueira, quando apontou para nomes como Jeffrey Tambor, Felicity Huffman e Jared Leto, que fizeram o mesmo.

Diante da polêmica, a atriz desistiu do papel. Agora, em nova entrevista à Vanity Fair, ela admite que não mediu suas palavras. “Pensando melhor, eu não soube tratar da situação. Não foi sensível, a minha primeira reação. Eu não estava totalmente ciente da como a comunidade trans se sentia com relação à esses três atores interpretando pessoas trans”.

Aprendizado

E ainda: “Eu não estava ciente da discussão, eu não tinha essa educação. Eu aprendi durante o processo. Eu julguei mal, foi um período difícil. Me sinto muito mal sobre aquilo. Saber que você não conseguiu ler uma situação não é um sentimento bom“.

Já sobre seus comentários sobre a inocência do diretor Woody Allen, esses permanecem. “Eu não quero ter que me censurar. Eu não estou na política, não posso mentir sobre a forma como me sinto. Só porque eu acredito no meu amigo isso não significa que eu não apoie, que não acredite nas mulheres”.

História de um Casamento estreia em 6 de dezembro na Netflix e Viúva Negra em 30 de abril de 2020.

 

ANÚNCIO

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui