Parte do elenco feminino da Marvel (Imagem: Reprodução)

Depois de Brie Larson, agora é a vez de Scarlett Johansson fazer pressão na Marvel para termos no futuro um filme só das heroínas da Marvel. Recentemente a interprete da Capitã Marvel havia contato à Variety que ela e outras estrelas se aproximaram de Kevin Feige, presidente do estúdio, para ver a possibilidade de um filme acontecer.

Dessa vez a entrevista foi a atriz que dá vida à Viúva Negra, que diz estar “pressionando” para que o time de super-heroínas se reúna em um filme único.

“Não sei qual é o meu futuro nesse mundo. Obviamente, é um pouco mais opaco para a minha personagem”, falou Scarlett Johansson à Variety, durante a promoção “Jojo Rabbit’, seu novo filme.

“Mas esse grupo de atrizes é incrivelmente poderoso e, quando se juntam, é explosivo e imparável. Então, sim, estou pressionando por isso. Acho que o público quer isso e eu sou definitivamente um deles”, completou a atriz.

Depois daquela memorável cena das heroínas se unindo para ajudar o Homem-Aranha em “Vingadores: Ultimato”, é difícil não imaginar a força que seria ver elas reunidas novamente, mas dessa vez num filme apenas delas. Feige, apesar de ainda não ter confirmado nada, se mostrou interessado na possibilidade.

Vale lembrar que o primeiro filme da Marvel protagonizado por uma mulher, “Capitã Marvel”, arrecadou mais US$ 1 bilhão ao redor do mundo. O próximo será o “Viúva Negra”, protagonizado por Johansson. Previsto para estrear em 30 de abril de 2020, o longa da diretora Cate Shortland, conta com Rachel Weisz, Florence Pugh, David Harbour e O. T. Fagbenle no elenco.

Scarlett Johansson nos cinemas:

Antes de acompanharmos a performance da atriz no filme solo da Viúva Negra, poderemos revê-la nos cinemas no papel de Rosie Betzler na comédia dramática “Jojo Rabbit”.

O longa dirigido e escrito por Taika Waititi (Thor: Ragnarok), foi lançado no Festival de Cinema de Toronto em 8 de setembro, onde ganhou o prêmio People’s Choice Award, e estreia na próxima sexta, dia 18, nos Estados Unidos. Já aqui no Brasil a previsão é que chegue aos cinemas no dia 6 de fevereiro de 2020.

O longa de humor negro é ambientado na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial e vai mostrar a história do pequeno nazista Jojo, que em sua imaginação é amigo de Adolf Hitler. A situação muda de cenário quando ele descobre uma judia escondida por sua mãe em sua casa. O garoto de 10 anos então passará a ter empatia pela fugitiva.

O elenco ainda conta com Waititi, Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Rebel Wilson, Stephen Merchant, Alfie Allen e Sam Rockwell.

 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui