Segunda temporada de The Morning Show será produzida, e ator ganha papel fixo

Steve Carell em The Morning Show, série da Apple
Steve Carell em The Morning Show, série da Apple (Divulgação/ AppleTV+)

A série The Morning Show, produção da AppleTV+ retornará as gravações no próximo dia 19 de outubro. Além de Jennifer Aniston e Reese Whiterspoon, protagonistas do drama, o ator Steve Carell também foi confirmado no retorno. Indicado ao Emmy por seu papel, Carell assinou contrato para que seu personagem seja fixo a partir da nova temporada.

Desde o ano passado, a presença do ator era tratada como incerta. Há cerca de um ano, a showrunner Kerry Ehrin disse ao site The Hollywood Reporter: “Gostaríamos que [Steve] voltasse na segunda temporada”, acrescentando: “A segunda temporada está em andamento, mas ainda não está fechada. Isso é tudo o que posso dizer. Mas eu gostaria muito que ele fosse e acho que continuar essa história é realmente importante”.

Na primeira temporada de The Morning Show, o co-âncora de Carell, Mitch Kessler, foi demitido do TMS após ser acusado de múltiplas ofensas, e assédio sexual devido ao movimento #MeToo. Na segunda temporada, Ehrin disse que Mitch “ainda seria o mesmo cara, ele apenas terá mais consciência de que não é um cara bom. Mas as pessoas não mudam completamente da noite para o dia, mesmo em uma tragédia. As pessoas estão tão conectadas; temos todos os nossos hábitos e neurose tão profundamente arraigados em nós que você cai em seus velhos hábitos de negar ou dar desculpas. Mas ainda é sobre a luta agora de realmente saber a verdade – que ele fez coisas muito, muito ruins. Não se trata de um retorno. É sobre outra coisa”.

A produção da segunda temporada de The Morning Show havia sido interrompida no início deste ano devido ao COVID-19. A série mostra os bastidores de um programa de matinal de TV, em meio a uma separação traumática de uma das apresentadoras, e denúncias de assédio contra o apresentador.