Série A Dança da Morte ganha mais um nome conhecido

Nat Wolff (Reprodução)

Dentre todas as adaptações da obra do icônico autor Stephen King que estão sendo desenvolvidas para o cinema e para a tv, a série A Dança da Morte sem dúvida promete dar o que falar, não só devido aos temas abordados mas especialmente devido ao elenco, que cresce constantemente e se torna mais impressionante.

O nome da vez é o ator Nat Wolff, conhecido por seus papéis em “Cidades de Papel”, “A Culpa é das Estrelas”, e como protagonista da série “Death Note” na Netflix. Seu personagem é descrito como sendo absolutamente leal ao vilão Randall Flagg, que será vivido Alexander Skarsgård.

Com Josh Boone como showrunner, a produção, que será exibida pelo canal CBS All Access, conta ainda com James Marsden (Westworld) como Stu Redman, Amber Heard viverá Nadine Cross, enquanto Odessa Young e Henry Zaga serão Frannie Goldsmith e Nick Andros, respectivamente, além de Whoopi Goldberg como Mãe Abigail, uma vidente com mais de 100 anos de idade.

Ambientada em um mundo pós-apocalíptico quando uma praga mortal dizimou a maior parte da população, os sobreviventes se dividem em dois grupos, os seguidores de Abigail e de Randall, e se enfrentam na eterna luta do bem contra o mal.

Novidades

King escreveu o último episódio da temporada, que trará um final alternativo ao do livro, com o qual ele admite nunca ter ficado totalmente satisfeito. “Para os fãs que sempre se perguntaram o que aconteceu com os sobreviventes, esse episódio terá uma história que nos levará para além do livro e responderá todas as perguntas”, afirmou a executiva da CBS Julie McNamara.

No final literário, os personagens Stu e Frannie têm uma filha juntos, e a comunidade questiona se a criança conseguirá sobreviver ao super vírus da gripe que matou bilhões, provando que ainda existe esperança para a humanidade. A bebê, de fato, sobrevive, e a história acaba de forma ambígua, sobre o futuro da civilização como um todo. A Dança da Morte em sua versão televisiva, como informado, responderá essas e outras perguntas.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.