Série Dracula, da Netflix, é liberada e dispara em aprovação crítica

Dracula
Imagem promocional da série Dracula, parceria entre BBC One e Netflix (Imagem: Divulgação/BBC One/Netflix)

Lançada no catálogo da plataforma de streaming Netflix no último sábado (4), a série Dracula, uma parceria entre o serviço norte-americano e a emissora BBC One, surpreendeu e alcançou uma alta aprovação crítica no agregador de análises Rotten Tomatoes. Até o fechamento deste texto, eram 81% de aprovação para a trama, com base em um total de 16 reviews.

E, ao disparar em aprovação crítica, a série mostrou a que veio. Com o consenso emitido pelos analistas de cinema, ficou decidido que se trata de “uma deliciosa mistura de horror e humor, que equilibra mais ou menos as sensibilidades modernas e o legado amado do personagem, Drácula, que vem em um tempo assustadoramente divertido – se não sempre fiel a isso”.

Em meio à liberação da primeira temporada, que conta com três episódios, vieram também as análises individuais. A publicação Times, do Reino Unido, destacou os seguintes pontos: “Essa é a versão mais gore, enérgica e divertida de Drácula que eu já vi, referenciando toda a comum iconografia – crucifixos, espelhos, morcegos, luz do sol –, mas também explorando-as”.

Por sua vez, o Den of Geek destacou: “Arrepiante, engraçada, incomum e simultaneamente um tributo ao clássico dos filmes de terror e um pastiche do mesmo, [a série] oscila entre risadas e imagens inquietantes”. Vale lembrar que, por trás da obra, estão os engenhosos criadores da aclamada série Sherlock, a dupla Steven Moffatt e Mark Gatiss. Os três episódios são dirigidos por Damon Thomas (de Killing Eve), Jonny Campbell (de Westworld) e Paul McGuigan (de Sherlock).

Na BBC One, a série foi exibida entre os dias 1º e 3 de janeiro, com uma exibição a cada dia, encerrando os três capítulos da primeira temporada. A trama é uma adaptação da famosa história do vampiro e vai mostrar o ator Claes Bang na pele do personagem central. A série segue sendo anunciada sob a frase-tema: “A lenda precisa de mais sangue fresco”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort