Séries canceladas na temporada 2018-2019 | Parte 2

O final de semana do facão da TV norte-americana continua, e essa é a segunda parte da lista das séries que foram canceladas sem dó nem piedade. Mesmo porque algumas coisas precisam morrer na TV para que coisas novas apareçam. Não vamos discutir a qualidade das coisas que morreram e das novas coisas, mas sim o fato que o que morreu vai para o além túmulo da grade de programação.

 

 

Séries canceladas e que não estarão na grade da TV em 2019-2020

 

Angie Tribeca (TBS), na quarta temporada: sitcom no estilo “Corra, Que a Polícia Vem Aí” com uma mulher como protagonista. Durou 40 episódios e tinha a produção do Steve Carell e esposa.

For the People (ABC), na segunda temporada: com uma demo 18-49 anos de 0.5 e perdendo 18% dos números da primeira temporada, era o segundo drama menos assistido da ABC na temporada.

I Feel Bad (NBC), na primeira temporada: com média na demo de 0.5, era a anti-penúltima do ranking das séries do canal do pavão, ficando na frente apenas de A.P. Bio e Abby’s.

Lethal Weapon (Fox), na terceira temporada: depois que OS DOIS PROTAGONISTAS deixaram a série por motivos diferentes, seria um milagre se fosse renovada. De qualquer forma, tinha demo de 0.7, ficando na sétima posição entre as séries do canal.

Speechless (ABC), na terceira temporada: apesar do prestígio que a série tinha, a demo de 0.5 e a queda de 57% nesse índice levaram a sitcom para a última posição no ranking da ABC e, dessa forma, era impossível salvá-la.

Splitting Up Together (ABC), na segunda temporada: a comédia romântica do casal que era melhor separado do que junto tinha uma demo de 0.66, e entrou no roldão de cancelamento de comédias do canal.

Star (Fox), na terceira temporada: eu jurava que a série musical seria renovada, ainda mais por fazer duplinha com Empire. Porém, a demo de 1.06 e sua queda de audiência total em relação à segunda temporada resultou no cancelamento do drama musical.

bostancı escort