Showrunner comenta morte surpreendente em Lovecraft Country

Lovecraft Country (Imagem: Divulgação/ HBO)

Atenção! A matéria a seguir contém spoilers!

O final da primeira temporada de Lovecraft Country trouxe uma das mortes inesperadas. Em uma entrevista para o Collider, Misha Green conversou sobre a decisão de matar o personagem e pressão dos fãs sobre isso. Ela também falou o que muda na série e o que esperar da segunda temporada.

“Não há spoilers. Isso estragaria a segunda temporada. Uma das coisas interessantes sobre esta temporada foi, na campanha de relações públicas e todas essas coisas, tentar manter o máximo de detalhes vagos, para que o público pudesse experimentar cada episódio. Acho que foi tão divertido assistir e algo que queremos manter, daqui para frente, para onde isso vai dar?”, disse Green.

“Falamos muito sobre o arco de Atticus e essa ideia de que ele é um homem que ouviu seu destino. Ele é um herói a quem foi dito que seu destino é morrer e, claro, ele vai lutar contra isso, sempre que puder. E então, ele chega a compreender a importância do que seu sacrifício significará. Conversamos muito sobre o que aquele sacrifício traria e como mudaria o mundo. Foi muito natural ter essa ideia de mudar o equilíbrio de poder. O que vai parecer uma vez que o equilíbrio de poder foi alterado foi muito emocionante para nós, em termos de narrativa, explorar”, ela acrescentou.

Saiba mais

A primeira temporada de Lovecraft Country contou com 10 episódios, sendo que o último foi ao ar no dia 18 de outubro. Esta temporada conquistou 87% de aprovação do críticos no Rotten Tomatoes e 71% de aprovação do público.

O seriado é baseado no livro Território Lovecraft de Matt Ruff. A trama segue Atticus Freeman (Jonathan Majors), um homem que acabou de retornar na guerra e descobre que seu pai desapareceu. Ao procurar pelo pai, ele acaba envolvido em um trama sobrenatural e aterrorizante.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

ankara escort