Showrunner conta o que havia planejado para The Dark Tower, série cancelada antes de ir ao ar

The Dark Tower
The Dark Tower, filme de 2017 (Divulgação)

A Torre Negra (The Dar Tower) é uma das grandes histórias de terror e fantasia do autor Stephen King. A história do livro seria adaptada para uma série de TV quando a Amazon, que iria bancar o projeto decidiu engaveta-lo, não dando mais prosseguimento. Cancelada antes mesmo de ir ao ar, a série contaria com a produção de Glen Mazzara, de The Walking Dead.

O profissional chegou a comentar em suas redes sociais sobre o orgulho que sentia do que seria o programa, mas a direção da Amazon evitou comentar o motivo do cancelamento. Na ocasião, o site Deadline chegou a publicar que conversou com algum interno da empresa que informou que o piloto estava abaixo do nível que o streaming gostaria.

Mazzara participou recentemente do podcast The Kingcast e falou sobre o que havia planejado para o programa. “A história do piloto é basicamente Roland no deserto. O homem de preto fugiu pelo deserto e o pistoleiro o seguiu. Nesta versão, ele está perseguindo Marten porque Marten estava com Gabrielle (mãe de Roland) e prometeu sua vingança. Nos livros, (Roland) pega suas armas para matar Marten e depois Marten desaparece da narrativa”, começou ele. Então (Roland) persegue Marten através do deserto e acaba em Hambry. Ele conhece Susan”, disse ele.

Sobre conciliar as expectativas de um programa de televisão versus a adaptação de livros icônicos, Mazzara acreditou que era importante não fazer alteração nos momentos chave. “Eu tinha uma regra com os escritores de que, se algo fosse realmente muito importante, tentaríamos que fazer o cânone funcionar. Nunca haveria uma versão em que Roland não matasse sua mãe. Nunca haveria uma versão sem Susan. Nunca houve uma versão em que Roland não derrube Jake”.

A Torre Negra já teve uma adaptação para o cinema anteriormente em 2017, que não foi bem-sucedida, e contou com Matthew McConaughey e Idris Elba a bordo dos papéis principais.