Showrunner de Legends of Tomorrow comenta saída de atriz da série

Maisie Richardson-Sellers em Legends of Tomorrow (Reprodução / The CW)
Maisie Richardson-Sellers em Legends of Tomorrow (Reprodução / The CW)

Atenção! A matéria a seguir contém spoilers!

Maisie Richardson-Sellers não retornará para a sexta temporada de Lendas do Amanhã (Legends of Tomorrow). Nesta quarta-feira (3), um dia depois da exibição do último episódio da quinta temporada de Lendas do Amanhã, a atriz comentou sobre sua saída da série através de um tuíte: “Obrigado por seu amor e apoio sem fim. Amaya e Charlie me deram tantas alegrias nos últimos 4 anos, e vocês são a base de fãs mais gentil, generosa e inclusiva que um programa poderia esperar. Nunca mudem. Mal posso esperar para compartilhar os projetos que estou criando no momento. Amo todos vocês”.

Phil Klemmer, o co-showrunner, falou sobre a saída de Richardson-Sellers ao TV Line: “Foi algo que esteve acontecendo há mais de um ano. Sabíamos que Maisie estava querendo seguir sua carreira como cineasta, e isso nos permitiu criar uma história que, esperançosamente, levaria a uma conclusão satisfatória para ela. O final era meio que completamente sobre sua personagem. Para mim, é tão agridoce, com ela de volta ao clube punk e sua banda. O lado bom é que as pessoas podem e já retornaram para o seriado”.

Maisie Richardson-Sellers entrou para o elenco de Lendas do Amanhã na segunda temporada, onde interpretou Amaya Jiwe, também conhecida com Vixen, e que foi membro da Sociedade da Justiça da América de 1940. Após algumas aventuras com a equipe de viajantes do tempo, Amaya decidiu voltar a 1940. Mas essa não marcou a saída de Maisie, que assumiu o papel da metamorfa Charlie, que tem ligação com um dos deuses gregos do tempo.

Durante o final da quinta temporada que foi exibido na última terça-feira (2), Charlie finalmente se juntou ao Team Legends para ajudá-los a salvar o mundo do controle de sua irmã Lachesis. Depois de perdoar Lachesis, Charlie deu adeus aos seus amigos de viagem no tempo e decidiu criar raízes ficando para trás na Londres dos anos 70 com sua banda punk The Smell.