Showrunner de série abruptamente cancelada pela Netflix revela se já tinha episódios gravados

Netflix cancelando séries após uma ou duas temporadas já não é surpresa para ninguém, mas o problema é quando o anúncio do cancelamento tem a ver com séries cuja renovação já havia sido divulgada anteriormente. Esse foi o caso de The Society e I’m Not Okay With This, séries que já estavam renovadas, e tiveram suas novas temporadas canceladas pela gigante do streaming.

O cancelamento abrupto pegou suas estrelas de surpresa que foram até as redes sociais para lamentar a situação, já que no caso de The Society alguns episódios já haviam sido gravados, e enquanto a plataforma culpou a pandemia causada pelo novo coronavírus, o showrunner Christopher Keyser disse que a notícia para ele foi extremamente dolorosa em uma nova entrevista para a revista Variety.

“Passamos os últimos meses nos preparando para voltar, lidando com todos os protocolos COVID”, disse ele. “E então recebi uma ligação da Netflix dizendo: ‘Tomamos essa decisão’. Foi obviamente muito perturbador e abrupto. Havia conversas constantes – sabíamos que havia desafios para isso”, disse Keyser sobre o atraso na produção. “A nova temporada deveria ser filmada principalmente no verão – mas estávamos voltando para o outono e o inverno. E então eles tomaram a decisão de que era demais”.

“Não posso fingir que estou surpreso”, acrescentou o showrunner. “Sei que tivemos muitos meses de conversas sobre os desafios de produzir neste ambiente”, continuou ele sobre filmar The Society no meio da pandemia, visto que a maior parte do show é feita ao ar livre. “Mas, para nossa desvantagem, temos um grande elenco e as cenas geralmente com um bom número de pessoas”, explicou Kesyer. Mas pode ser que a Netflix ainda volte atrás como fez com outras séries como Lucifer, que garantiu uma sexta temporada após anúncio de que a quinta seria a última, ou dependendo das manifestações populares em torno do cancelamento.