Showrunner de The Witcher revela mudança que fará na segunda temporada em relação aos livros

Liberação deve reiniciar trabalhos de The Witcher (imagem: Divulgação)

Cirilla (Freya Alan) foi uma das personagens que deu mais trabalho para a showrunner de The Witcher, Lauren S. Hissrich. Segundo ela, a personagem aparece pouco nos livros, e na série ela precisava construir sua história para que as pessoas conseguissem se conectar de alguma forma com ela.

A personagem foi uma das mais criticadas por sua trajetória pouco emocionante no programa da Netflix, e autora revelou que existe muita coisa guardada para ela, sobretudo agora que ela e Geralt (Henry Cavill), se encontraram. Segundo Hissrich, existe uma diferença fundamental entre a história deste encontro, que vai ser mostrado na segunda temporada, e nos livros de Andrzej Sapkowski.

“O que é divertido na segunda temporada, é que nos livros, Geralt e Ciri se encontram naquele momento, e no próximo livro já se passou muito tempo. Ao escrever o programa, descobrimos que não queríamos dar esse salto, e pular os primeiros meses de convivência entre eles”, disparou ela.

A showrunner disse anteriormente que a trajetória dos dois seria muito bonita mas repleta de grandes embates, já que eles não conseguiriam se dar muito bem, pelas diferenças de criação que tiveram, já que apesar de possuir um grande poder, Ciri continua sendo parte da realeza.

“Isso faz parte da diversão, eles vão entender que fazem parte do destino um do outro, e não querem abraçar isso, mas aceitam que é preciso união para continuarem percorrendo o continente. Como seria para dois estranhos se unirem e sentirem que é para isso que eles lutaram a temporada inteira? Eles se unem e pensam ‘Eu não conheço você. Você é um estranho’”.

“Geralt, é claro, não tem experiência com pais, filhos, com um tipo de relacionamento contínuo em sua vida. Ele é um tipo de vagabundo. Ele é um viajante. Ele propositalmente não estabelece relacionamentos longos e agora ele tem um que vai ficar com ele por muito tempo. E para ela, Ciri, começamos sua jornada na primeira temporada sobre como seria uma princesa que foi protegida por toda a vida de repente ser expulsa sozinha. E uma das coisas que adorei fazer na primeira temporada é que ela tem um momento de mudança de atitude no episódio 7, e continuará assim, não tem mais volta”, contou a Hissrich ao site TV Guide. A segunda temporada de The Witcher voltará a ser gravada em 17 de agosto no Reino Unido.