Showrunner explica motivo pelo qual Luke Cage matou seu vilão tão rápido

Mahershala Ali como Boca de Algodão em Luke Cage
Mahershala Ali como Boca de Algodão em Luke Cage (Divulgação/ Netflix)

Mahershala Ali fez tanto sucesso em House of Cards, que logo foi escalado para a série Luke Cage, da Marvel Television, que a Netflix acreditava que seria um sucesso como suas antecessoras, Demolidor e Jessica Jones. No programa do super-herói com pele impenetrável, ele viveu Boca de Algodão, um dos principais vilões dos quadrinhos do personagem, mas acabou morrendo após apenas alguns episódios. Isso gerou na época muitas especulações a respeito da saída do ator, mas o showrunner do programa Cheo Hodari Coker, explicou nesta segunda-feira, 13 de julho, o motivo de Ali ter ficado tão pouco.

E não foi por uma insatisfação com a produção ou algo do tipo, e sim porque seu contrato previa que ele viveria o vilão por um número determinado de episódios: “Nós o tínhamos apenas por sete episódios. É por isso que ele concordou em fazer o show”, escreveu o showrunner respondendo a um fã no Twitter.

Surgiram no ano passado petições de fãs pedindo que a Disney+, streaming da Disney que agora têm propriedade sobre as produções da Marvel revivessem algumas das séries canceladas pela Netflix na quebra do contrato entre as empresas, como Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage. Existiam boatos que a plataforma poderia dar um reboot completo nos programas, algo que os fãs certamente não gostaram, e se posicionaram pedindo continuação daquilo o que já tinham visto.

Ali inclusive foi escolhido para viver Blade no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), que vai fazer um reboot da trilogia clássica estrelada por Wesley Snipes nos anos 2000. Kevin Feige, chefão dos estúdios já havia dito anteriormente que tinha a intenção de expandir as produções da Marvel para o gênero terror iniciando por Blade. “Horror, você quis dizer um filme como o Massacre da Serra Elétrica, O Iluminado, Sexta-Feira 13 ou Poltergeist? Poltergeist é um pouco mais minha cara, é um filme tão bom, me assustou, mas é realmente divertido. Não sei, certamente gostaria de brincar com o maior número possível de gêneros”, explicou.