Sony decide retomar o reboot de O Corvo

Brandon Lee em O Corvo (Foto: Reprodução)

Há um tempo, a Sony Pictures anunciou o reboot de O Corvo (The Crow), o qual estava previsto para ser lançado no final de 2019. O longa metragem contava com a direção de Corin Hardy e Jason Momoa interpretaria o icônico papel do vingativo Eric Draven. Contudo, durante a pré-produção, tanto Momoa quanto Hardy anunciaram a saída do projeto e O Corvo foi colocado na geladeira.

Contudo, segundo uma matéria do Bloody Disgusting, a Sony Pictures decidiu dar mais uma chance para o longa metragem. O site relata que a Davis Filmes, de Samuel Hadida, a Highland Film Group e a Electric Shadow adquiriram os direitos de financiar, produzir e distribuir o filme. Porém, mais informações como atores, roteiristas e que dirigirá o reboot ainda não foram reveladas.

O Corvo é baseado nos quadrinhos criados por James O’ Barr, em 1980. A primeira adaptação do cinema aconteceu em 1994, o longa ganhou mais duas sequências e uma série de TV que durou pouco tempo. Na história Eric Draven e sua noiva são brutalmente assassinados na véspera do Halloween. Eric então retorna ao mundo dos vivos em busca de vingança. Durante sua jornada ele é guiado por um corvo.

A franquia é cheia de polêmicas e maldições, principalmente depois da morte de Brandon Lee, o filho de Bruce Lee. Segundo relatos, durante a produção do filme, uma das cenas precisava que uma arma com munição de verdade fosse utilizada. Após a cena, um projétil ficou preso no cano da arma e a pessoa responsável de limpá-la não percebeu o projétil preso. A arma foi reutilizada na cena seguinte, mas desta vez com festim. Na nova cena, Brandon estaria com um saco de sangue explosivo e alguém atiraria nele. Ao usarem a arma com festim, o projétil que estava preso no cano foi disparado da arma e atingindo Brandon Lee, que acabou morrendo.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

bostancı escort