Sony divulga divertido vídeo com erros de gravações de Bad Boys para Sempre

Bad Boys para Sempre (Imagem: Divulgação)

Estrelado por Will Smith e Martin Lawrence, Bad Boys para Sempre já está disponível nas plataformas digitais dos Estados Unidos. Para comemorar o lançamento, a Sony Pictures divulgou um divertido vídeo dos bastidores, em que mostra os erros de gravações da sequência.

Confira:

Dezesseis anos depois, Mike Lowrey (Smith) e Marcus Burnett (Lawrence) estão de volta à ação. A dupla de detetives está pronta para encarar os desafios e o enfrentar o crime em Miami. Na trama, eles devem encontrar e prender grandes traficantes de drogas da cidade. Ao mesmo tempo, a dupla tem muito o que ensinar para uma nova geração de policiais.

O novo longa da franquia conta com a direção de Adil El Arbi (Um Tira da Pesada 4) e Bilall Fallah (Scalped) e roteiro de Joe Carnahan (Esquadrão Classe A) e Peter Craig (Herança de Sangue).

Vanessa Hudgens (High School Musical), Alexander Ludwig (Vikings), Charles Melton (Riverdale), Paola Núnez (Behind the Power), Jacob Scipio (We Die Young), Joe Pantoliano (Matrix) e Massi Furlan (Layover) completam o elenco.

Reveja o trailer:

 

Recepção

A sequência de ação e aventura fez uma uma boa passagem pelos cinemas. Com um orçamento de US$ 90 milhões, o filme arrecadou US$ 425 milhões nas bilheterias ao redor do mundo. As críticas também foram muito boas e no Rotten Tomatoes, por exemplo, o longa tem uma aprovação de 77%, com base em 247 avaliações. O consenso diz: “Carregado de ação e uma dupla porção de carisma de protagonista, Bad Boys para Sempre revigora essa franquia há muito adormecida, jogando com força total seus pontos fortes”.

Confira algumas críticas:

“‘Bad Boys para Sempre’ não tem como objetivo elevar a fasquia de seu gênero ou reescrever o livro de regras de grande sucesso, mas é incrível ver Lawrence e Smith revisitarem esses personagens e encontrarem um lugar sensato para eles na atual paisagem de Hollywood.” – David Ehrlich, indieWire. 

“O melhor dos três filmes, oferecendo de algumas maneiras estranhas um corretivo para as parcelas anteriores.” – Odie Henderson, RogerEbert.com. 

“Esses dois se tornaram absolutamente adoráveis ​​juntos.” – Peter Howell, Toronto Star.

 

Comentários