Sony Pictures assina contrato para produzir cinebiografia de Whitney Houston; saiba como será

Whitney Houston
Whitney Houston (Reprodução)

Há muito tempo que o cinema americano vem ensaiando fazer um filme biográfico sobre a cantora Whitney Houston, e parece que ele vai finalmente acontecer. I Wanna Dance With Somebody como foi batizado, será um projeto da Sony Pictures, após uma guerra pelos direitos da já falecida cantora. O roteiro ficará por conta de Anthony McCarten, de Bohemian Rhapsody, com direção de Stella Meghie, e segundo o acordo, o lançamento previsto nos cinemas é para o final de 2022.

I Wanna Dance With Somebody tem o apoio da Houston Estate, empresa que mantém os direitos sobre todas as obras da cantora, bem como o produtor musical Clive Davis que contará com a presença Pat Houston como braço direito, juntamente com Larry Mestel, da Primary Wave Music, Denis O’Sullivan e McCarten. “Whitney apenas faz você querer sair do seu lugar, cantar e dançar!”, disse Nicole Brown, chefe da TriStar, em um anúncio oficial feito na última terça-feira, 04 de agosto.

“Ela é antêmica em todos os aspectos. Anthony McCarten resumiu isso em seu roteiro magistral, dando vida a esta amada lenda de uma maneira que nunca a vimos – engraçada, emocionante, aspiracional, complexa e incrivelmente humana. Acrescente a isso Stella Meghie, uma fã obstinada, que é tão talentosa em contar histórias bonitas, modernas e femininas”, disse ela.

“Com a orientação de Pat Houston, os lendários Clive Davis, Larry Mestel, Denis O’Sullivan e Jeff Kalligheri, temos a equipe dos sonhos absolutos para criar a celebração definitiva da incrível vida e realizações musicais de Whitney.” Não está claro o quanto a cinebiografia vai se aprofundar nas questões pessoais de Houston, no entanto, Davis disse anteriormente que o filme fará alguma exploração.

“De toda a minha experiência pessoal e profissional com Whitney, desde a adolescência até a trágica morte prematura, sei que a história completa de Whitney Houston ainda não foi contada”, disse Davis em comunicado. “Estou tão feliz que Anthony McCarten se comprometeu com um roteiro musicalmente rico e sem restrições, que finalmente revela toda a Whitney, cujo gênio vocal afetou profundamente o mundo, enquanto ela lutava bravamente contra os demônios que deveriam ser sua ruína”.

Em 2015 uma cinebiografia não autorizada sobre a cantora foi lançada, e também um documentário em 2018 chamado Whitney. A estrela da música faleceu em 2012.  No início deste ano, uma turnê ao vivo com holograma de Whitney Houston chegou ao Reino Unido, mas a imprensa especializada chamou a decisão de controversa, alegando que o show dela jamais seria da forma como foi projetado.