Sony Pictures pode tomar atitude inesperada com live-action de He-Man

Netflix

O relacionamento entre as plataformas de streaming e os clássicos estúdios de Hollywood vem mudando constantemente nos últimos meses, e ao que parece a Sony Pictures está considerando um plano arriscado que envolve a adaptação live-action do clássico He-Man.

De acordo com fontes do The Hollywood Reporter, o presidente do estúdio, Tom Rothman, estaria considerando a opção de vender ‘Mestres do Universo’ para a Netflix, ao invés de lançá-lo nos cinemas e arriscar um prejuízo de milhões de dólares. A intenção seria tão forte, que o CEO teria se reunido várias vezes com vice-presidente do departamento de filmes da plataforma Tendo Nagenda.

Uma série de fatores, desde a falta de interesse pela propriedade intelectual demonstrada pelo público até a capacidade do ator Noah Centineo de “segurar” uma produção desse porte como protagonista, passando também pelos altos custos de promoção e marketing, seriam os responsáveis pelas dúvidas do estúdio.

União

O filme vem sendo desenvolvido desde 2007, depois de passar por inúmeras alterações, o que pode torná-lo menos atraente para o streaming, porém, uma vez que a empresa já tem em seu catálogo também a série ‘She-Ra: A Princesa do Poder’ além de uma nova animação sobre He-Man que está sendo produzida por Kevin Smith, a aquisição faz sentido.

Isso, é claro, sem contar que Centineo se tornou o garoto propaganda preferido da Netflix depois de colaborar em vários projetos.

É importante notar que a decisão da Sony, confirmada ou não, segue uma tendência cada vez maior no mercado, como é o caso da Paramount, que planeja dedicar uma divisão específica a filmes que serão distribuídos por streaming, além da A24 que assinou contrato para produzir conteúdo original para o Apple TV+.

Até o momento, ‘Mestres do Universo’, que terá direção dos irmãos Aaron e Adam Nee, continua mantido para lançamento “à moda antiga” nos cinemas marcado para março de 2021.

 

Comentários