Spin-Off de Revenge é cancelado na ABC antes mesmo de ser gravado

Emily Van Camp como Emily em Revenge (Divulgação/ ABC)

O canal ABC, que pertence ao grupo Disney, até pensou em fazer um reboot de Revenge, série de sucesso entre 2011 e 2015, mas resolveu abortar a missão antes mesmo que um piloto pudesse ser gravado. O programa original mostrava Emily VanCamp como Amanda Clarke, uma jovem que na infância viu o pai passar por uma grande injustiça devido à sua ligação com uma poderosa família do ramo empresarial.

Com o pai tendo sido morto na cadeia, a garota cresce com sede de vingança, e retorna rica para os Hamptons, com o nome de Emily, a vizinha da casa ao lado da tal família. Inspirada no romance de Alexandre Dumas, O Conde de Monte Cristo, Revenge chamou muito a atenção do público, embora a audiência do drama tenha começado a cair após a segunda temporada.

Ainda assim, a série teve fãs dedicados e até ganhou uma revista em quadrinhos da Marvel que explorou a origem do personagem principal da série, Emily Thorne/ Amanda Clarke. Segundo o site americano TV Line, o reboot seguiria uma imigrante latina chegando em Malibu para se vingar de uma dinastia farmacêutica responsável pelo assassinato de sua mãe bioquímica, pela destruição de sua família e por espalhar uma epidemia global.

Se tivesse avançado, o reboot teria a presença de um dos personagens favoritos da série original, Nolan, vivido por Gabriel Mann. A série estava sendo desenvolvida pelo criador de Revenge, Mike Kelley, que também escreveu a primeira e a segunda temporadas da série, embora tenha saído da após este período devido às inúmeras críticas ao segundo ano, e pela ABC ter querido esticar o programa que ele planejou para ter apenas dois anos. Na época, ele ficou sabendo da decisão do canal no meio da segunda temporada, e teve que mudar todos os rumos da história para não ir direto ao ponto no enredo. Não se sabe ainda o motivo que fez a rede cancelar o reboot.