[SPOILER] Personagens inusitados devem fazer aparição em novo Star Wars

Star Wars
Star Wars: A Ascensão Skywalker (Reprodução/YouTube – Star Wars Brasil)

Continuam os rumores e as revelações sobre o novo filme da saga Star Wars, chamado de A Ascensão Skywalker. Agora, foi divulgado que o filme vai ter personagens inusitados fazendo uma participação especial. Segundo o Making Star Wars, dedicado à veiculação de notícias sobre a saga, personagens clássicos dos filmes anteriores e das animações devem fazer aparições próximo ao fim do longa.

Dirigido por J. J. Abrams, que também assina o roteiro, ao lado de Chris Terrio, o filme, que tem data de estreia agendada para o dia 19 de dezembro, deve contar com as participações de Anakin e Luke Skywalker, Ashoba Tano, Ezra Bridger, Obi-Wan Kenobi e Yoda, todos por meio de uma aparição espiritual. Eles serão responsáveis por incentivarem Rey em um momento decisivo.

Durante sua luta contra o Imperador, a personagem vai estar diante de uma situação complicada e receberá a ajuda dos referidos espíritos, que vão surgir para incentivá-la a continuar. Entretanto, esses espíritos serão apenas vozes e, segundo os rumores, não serão vistos fisicamente. Vale lembrar que essas são apenas especulações e nada ainda foi confirmado.

Essa nova leva de informações que surgiram vem após as declarações do diretor J. J. Abrams sobre as revelações envolvendo o filme. Em conversa o site Uproxx, o diretor responsável pelo novo Star Wars, o cineasta contou por que está permitindo que sejam revelados detalhes sobre o filme justamente antes da estreia. Na entrevista ao portal, ele explicou que tem sido perguntado por muitas pessoas, principalmente aqueles que sabem exatamente dos mistérios envolvidos no enredo da produção.

“As pessoas que estão cientes da minha caixa de mistérios sempre me perguntam isso. Acho que existem muitas interpretações. Para mim, não é algo que penso. Não é algo que aplico ao meu trabalho. É simplesmente uma desconstrução que qualquer boa história aplica caso queira esconder coisas futuras. Geralmente existe uma justificativa”, disse o diretor.

E completou em seguida, reafirmando sua confiança na história, que ele ajudou a construir também no papel de roteirista: “Quanto ao Episódio 9, sinto que é o encerramento de algo que todos conhecem. Não quero ser tímido quanto a isso. Me sinto confiante quanto à história. Sinto que encontramos uma maneira de fazer algo que não precisa de tanto sigilo. Não acho que exista essa necessidade”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.