Star Wars: A Ascensão Skywalker foi o filme menos lucrativo da franquia; entenda

Star Wars: A Ascensão Skywalker (Imagem: Divulgação)

O filme Star Wars: A Ascensão Skywalker faturou mais de 1 bilhão de dólares no mundo inteiro (sendo 376 milhões só em seu fim de semana de estreia), mas o episódio final da saga de 40 anos acabou sendo o menos rentável da trilogia da Lucasfilm. De acordo com o Deadline, além de o filme ter um menor total bruto, ele teve custos de produção muito mais altos que os longas que vieram em sequência (cerca de 275 milhões de dólares em produção e 627 milhões em gastos com pós produção e material promocional), com isso sua margem de lucro foi menor que de Rogue One: Uma História Star Wars, que rendeu 319, 6 milhões de dólares.

Porém sua margem foi maior que Han Solo: Uma História Star Wars, que deu prejuízo para a Disney ao arrecadar 393 milhões de dólares, com orçamento de 275 milhões. A franquia está buscando sua própria renovação através de spin-offs como O Mandaloriano, sucesso do Disney Plus, que além de ganhar uma segunda temporada, já está começando a ter uma terceira desenvolvida pelos produtores.

O ator Sam Witwer, que atua como artista de voz da série The Clone Wars, revelou que a segunda temporada de O Mandaloriano está espetacular. “Tem coisas que ele está preparando para a segunda temporada de The Mandalorian que são enlouquecedoras”, disse sobre Dave Filone, diretor do programa.

“Eles chegam, olham os designs, avaliam o visual e falam ‘é, isso encaixa’. E às vezes eles viram e dizem ‘ah, não, isso não encaixa, precisamos fazer assim’”, disparou ele que também quase participou da série: “Pedi para ele [Filoni] me tirar da lista. Falei que não queria bagunçar sua série, correr o risco de ser o cara errado para o papel, e ser contratado só por ser amigo dele. Estava tentando explicar isso, mas deu errado [risos]. Houve um silêncio constrangedor. Acho que preciso mandar uma mensagem para ele explicando o que quis dizer.”

ankara escort