Star Wars: Atriz Daisy Ridley revela por que pensou em desistir da franquia

Rey e Kylo Ren
Rey e Kylo Ren (Divulgação)

Desde a estreia de “O Despertar da Força”, os fãs têm acompanhado o desenvolvimento da franquia Star Wars pelos olhos de Rey, personagem interpretada por Daisy Ridley. A atriz tem recebido críticas bastante positivas sobre a sua atuação, mas houve momentos nos quais ela mesma duvidou de que estava fazendo a escolha certa.

Em entrevista a Josh Horowitz para o podcast Happy Sad Confused, Daisy declarou que teve dúvidas sobre prosseguir nos filmes da série. “Foi horrível. Foi muito assustador. Me sentia enjoada e eu também não conhecia ninguém ainda. Demoro muito tempo para me acostumar com as pessoas. Eu lembro de ter pensado ‘Não posso fazer isso’. Não posso, não é certo“, revelou. Ridley abriu o coração e comentou que sofreu de “síndrome de impostor” durante as gravações do primeiro filme, ou seja, sentia que não estava preparada ou não era boa o suficiente para assumir uma tarefa daquela magnitude, e precisou desabafar com uma pessoa da equipe.

Escrito nas estrelas

A atriz discutiu também sobre o processo de audição e como conseguiu o papel que mudou completamente sua vida e sua carreira, afirmando que no fundo sempre soube que de uma forma ou de outra, acabaria fazendo parte da produção. “Fiquei sabendo do projeto no começo do ano e fiz minha audição em meados de agosto. Mesmo tendo dúvidas o tempo todo, sempre senti que o universo estava me empurrando para isso, era muito estranho“. Para finalizar, Daisy assumiu que está muito mais confiante em seu trabalho agora, depois de atuar em três filmes da franquia, e já não nutre mais as mesmas dúvidas que tinha no início, em grande parte devido à ótima química que desenvolveu com o diretor J.J. Abrams. “Star Wars: A Ascensão Skywalker” chega aos cinemas em dezembro.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort