Star Wars: Daisy Ridley desabafa sobre comentários nocivos de fãs na internet

“Star Wars: A Ascensão Skywalker” (Reprodução)

As críticas à contratação de Daisy Ridley como Rey, e o próprio fato da franquia Star Wars passar a ser protagonizada por uma mulher, foram tão massivas na época de “O Despertar da Força” que forçaram a atriz a abandonar as mídias sociais. Agora, anos mais tarde, a situação melhorou, mas não muito. Em nova entrevista, Daisy revelou como se sente sabendo que os últimos filmes dos quais fez parte continuam a ser alvos de comentários tóxicos.

É ótimo que o público esteja expressando seu ponto de vista. Mas estamos falando do trabalho de várias pessoas. Elas trabalharam muito, muito duro naquilo. Eu acho que é possível manter uma discussão que não seja tão nociva” afirmou ao site Bustle. A atriz explicou que isso é perigoso especialmente quando se trata da internet: “Acontece que se você tem muitos seguidores, e você escreve algo que pensa que é profundo e importante, e 100 pessoas curtem, funciona como um reforço constante“. Aparentemente nem mesmo na vida real Ridley consegue escapar das críticas. “Eu estava na festa de aniversário de uma amiga. E um dos amigos dela, que eu mal conhecia, disse ‘Ei, eu gostei muito do primeiro Star Wars, mas não do segundo’, e eu pensei ‘Isso é rude! Isso é o meu trabalho!“.

Opiniões

Ela não foi a única. Sua companheira de elenco Rose Tico também abandonou as redes sociais devido aos insultos que passou a ser receber desde que se juntou à franquia, assim como o diretor Rian Johnson, que foi acusado de destruir “Os Últimos Jedi”. Nem mesmo Adam Driver escapou com sua atuação do vilão Kylo Ren. Polêmicas à parte, os fãs, satisfeitos ou não, poderão conferir “Star Wars: A Ascensão Skywalker” a partir de 19 de dezembro nos cinemas.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort