Stella Miranda fala dos desafios de gravar cena em que mostra os seios na série “Hebe”

Stella Miranda como Dercy Gonçalves (Imagem: Reprodução/ Instagram)

Além de ser apresentada nos cinemas, a história de umas das maiores apresentadoras do Brasil também está sendo contada em forma de minissérie no Globoplay. Hebe estreou na última sexta-feira, dia 13, no serviço de streaming da Globo. E um dos pontos altos é a atuação da atriz Stella Miranda como a icônica Dercy Gonçalves. No entanto, dar vida à incrível atriz e humorista teve os seus desafios.

Em entrevista ao jornal Extra, ela revelou que teve algumas dificuldades para gravar a marcante cena em que Dercy mostrou os seios em um programa ao vivo da Hebe na década de 1980. A sequência precisou ser filmada inúmeras vezes diante de uma grande plateia e toda a equipe.

“A primeira coisa que o diretor (Maurício Farias) me falou foi: ‘Olha, vai mostrar os peitos!’ E eu: ‘Ai, meu Deus. Por quê eu?’. Foi difícil fazer. Além de ter uma equipe inteira, umas 100 pessoas, tinha um público na plateia assistindo. E tinha que mostrar e repetir a gravação umas 45 vezes, de lado, de frente… Claro que fiquei um pouco constrangida, mas eu estava tão dentro da Dercy, vivendo tão a personagem, que não me vejo ali. Fiquei muito orgulhosa de me ver”, conta Stella Miranda, que atua há mais de 30 anos.

A atriz ainda revela que havia feito esse tipo de cena apenas no teatro. “Foi a primeira vez que eu fiz uma cena de nudez em cinema e televisão. Já tinha mostrado os seios em teatro algumas vezes. Mas na série, a cena é muito impactante, tem uma força de realidade”, fala. “É chato pra caramba, mas é a única opção que a gente tem. É menos dramático do que a gente fica fantasiando. Tudo está na cabeça. A gente acorda com a cabeça achando que tem 20 anos, que somos jovens, porque temos esse espírito, mas o corpo vai sentindo. Mas que bom que estou aqui, né? Poderia nem estar”, disse.

A atriz e humorista, viúva de 69 anos, ainda contou que a família aprovou o trabalhou e brincou dizendo “os namorados também gostaram”.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort