Stephen Amell diz que sempre soube que Grant Gustin era o cara certo para viver Flash

Grant Gustin como The Flash
Grant Gustin como The Flash (Imagem: Divulgação)

Quando o piloto de The Flash vazou na internet oito meses antes da estreia oficial da série, muita gente começou a fazer críticas contra Grant Gustin, muitas delas superficiais, sobre ele não ter o tom de pele ou o tipo de corpo ideal para viver o personagem. Mas Stephen Amell, que viveu o Arqueiro Verde Oliver Queen em Arrow afirmou que sempre soube que o colega era o ator perfeito para interpretar o herói.

Antes de ter sua série própria, Barry Allen apareceu na segunda temporada de Arrow em 2013, como forma de a emissora e as produtoras envolvidas testarem se aquele personagem teria carisma o suficiente, e Amell revelou em conversa com Michael Rosenbaum no episódio de seu podcast Inside of You, que bastou uma única cena para que ele se convencesse que estava diante do novo Flash.

“Sempre me lembrarei da primeira leitura de texto que fizemos quando o personagem Barry Allen surgiu no roteiro. Deve ter sido intimidador, porque estávamos lendo o roteiro do nosso jeito habitual ele [Grant Gustin] estava entrando, interpretando o Flash. E esse cara se sentou à mesa para ler e é o episódio era dele. Eu nem precisava ver o que ele ia fazer no set. Na mesa, eu sabia que ‘meu Deus, eles tomaram a decisão certa’”, disparou o ator.

Com o fim de Arrow, Flash agora é a série mais antiga do universo da DC na televisão, e o próprio Gustin participou do podcast, revelando que nunca foi fã de alguns esportes como futebol, ele ainda considera que perdeu o gosto pelo baseball aos 14 anos, mas interpretando um super-herói que tem o título de homem mais rápido do mundo, ele conseguiu sua condição física com a dança. “Eu tomo muito cuidado com meu corpo, e sou um corredor decente até… Depois do piloto eu contratei um profissional para me ajudar a correr de forma que não parecesse estranha na TV. Ele me ajudou na maneira de nadar, e de posicionar os braços”, contou.