STF determina fim de censura contra Especial do Porta dos Fundos

Porta dos Fundos
Porta dos Fundos Especial de Natal (Imagem: Divulgação/ Netflix)

Depois da decisão judicial vinda do Rio de Janeiro, de retirar o Especial de Natal de 2019 do Porta dos Fundos do ar, chamado de A Primeira Tentação de Cristo, a Netflix conseguiu reverter a situação. O STF decidiu em favor da plataforma de streaming norte-americana e suspendeu a censura contra o Especial, que vai seguir, portanto, presente no catálogo do serviço de streaming.

Na última quarta-feira (8), o desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, determinou que o vídeo fosse retirado do ar. “Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida”, diz a decisão do desembargador.

Em seguida, a Netflix recorreu ao STF e o pedido foi apreciado pelo presidente da Corte, o ministro Dias Toffoli. Em comunicado enviado à imprensa, a Netflix afirmou, sobre o pedido enviado ao STF, uma reclamação constitucional: “Nós apoiamos fortemente a expressão artística e vamos lutar para defender esse importante princípio, que é o coração de grandes história”.

A Netflix alegou “censura judicial” na decisão vinda do Rio de Janeiro. E o grupo Porta dos Fundos, que teve sua sede, localizada também no Rio de Janeiro, atacada também por conta de uma rejeição ao Especial, disse, por meio de comunicado, que é contra a “qualquer ato de censura, violência, ilegalidade, autoritarismo e tudo aquilo que não esperávamos mais ter de repudiar em 2020”.

E o grupo Porta dos Fundos ainda destacou, no mesmo comunicado: “Nosso trabalho é fazer humor e, a partir dele, entreter e estimular reflexões. Para quem não valoriza a liberdade de expressão ou tem apreço por valores que não acreditamos, há outras portas que não a nossa”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort