Supergirl: Final da série pode ter sido desvendado, dispara site

Supergirl (Melissa Benoist)
Supergirl (Melissa Benoist) (Divulgação/ The CW)

No mês passado, a atriz Melissa Benoist e o canal The CW divulgaram que a sexta temporada de Supergirl será a última, sendo a segunda série do Arrowverse a dar adeus à grade de programação. Arrow, a primeira série do universo dos heróis da DC (lançada em 2012), terminou em 2020 com a morte de seu protagonista Oliver Queen (Stephen Amell), que se sacrificou durante o crossover de Crise nas Infinitas Terras, para salvar a humanidade. Como os fãs dos quadrinhos sabem, a Supergirl também morre nas páginas, mas isso não combinaria com as mensagens positivas que o show tem mostrado até então.

De acordo com uma notícia de Mikey Sutton da Geekosity, os produtores da Greg Berlanti podem ter planejado algo bem diferente para a garota de aço. De acordo com o informante, os showrunners não têm intenção de matar Kara Zor-El (Benoist). Embora as avaliações tenham sido baixas demais para manter a série à tona, todos estão ansiosos para que a atriz, que acabou de dar à luz seu primeiro filho, volte como a heroína de vez em quando nos crossovers anuais de Arrowverse. Então, não espere que a sexta temporada seja a última vez que veremos a personagem.

Em vez de matá-la, as fontes de Sutton disseram a ele que na temporada final Kara escolherá deixar National City do século 21 e viajará para o futuro distante, onde ela se juntará à Legião de Super-Heróis e, mais especificamente, se reunirá com Mon-El (interpretado pelo marido na vida real de Benoist, Chris Wood). Mon-El deve ser o mais popular dos interesses amorosos de Kara, com a química natural do casal obviamente criando faíscas na tela, então essa seria uma maneira legal de encerrar a série. A heroína tem um final feliz e a porta se abre para ela voltar ao passado quando quiser. Já era uma teoria popular dos fãs antes do relatório de Sutton, vale lembrar. As gravações da sexta temporada já começaram, e ela deve ser exibida no início do ano que vem na TV americana. Por aqui, Supergirl é exibida pela Warner Channel, e pela Globo, além de estar disponível na Netflix.