Tarantino quer transformar filme dirigido por ele em livro

Quentin Tarantino (Imagem: Divulgação)

Com uma carreira repleta de sucessos, Quentin Tarantino agora quer ser aventura em outra diferente do cinema, a literatura. Em entrevista ao podcast Pure Cinema, o diretor afirmou que gostaria de escrever um livro com a história de seu filme mais recente, Era Uma Vez em… Hollywood, ao ser questionado se um dia o público teria a possibilidade de ler um livro seu, ou mesmo um roteiro de filme, transformado em livro.

“Eu nunca havia considerado isso até recentemente, mas agora tenho pensado muito na possibilidade. Talvez eu escreva uma versão em romance de Era Uma Vez em… Hollywood”, disse ele, porém, isso não vai acontecer agora já que o foco do diretor parece ser outro.

Se no filme, o personagem de Leonardo DiCaprio, Rick, era um ator que trabalhava numa série chamada Bounty Law, Tarantino quer transformá-la em uma série de verdade. “Eu quero fazer isso, mas vai demorar um ano e meio. O contexto é: eu assisti muito Procurado Vivo ou Morto, O Homem do Rifle, essas séries de meia hora para fazer Bounty Law, o tipo de série em que Rick atuaria. Eu já gostava delas antes, mas passei a gostar ainda mais. A ideia de contar uma história dramática em meia hora. Você assiste e pensa ‘nossa, tem muita história acontecendo em 22 minutos’. Eu me perguntei se conseguiria fazer isso, e acabei escrevendo cinco episódios de meia hora. Então vou fazê-los, e vou dirigir todos” disparou em entrevista ao Deadline.

Era Uma Vez em… Hollywood, que tem no elenco Margot Robbie e Brat Pitt, além de DiCaprio, é a segunda maior bilheteria da carreira de Tarantino, alcançando a marca de 374 milhões de dólares em bilheterias de todo o mundo, perdendo somente para Django Livre, de 2012, que arrecadou 425 milhões de dólares. O filme está disponível para locação no Youtube e Google Play Filmes.

bostancı escort