Testemunha Fantasma
Testemunha Fantasma (Divulgação)

O filme Testemunha Fantasma que estreou recentemente no catálogo da Netflix, está cumprindo a missão como uma produção do gênero terror. A produção tem assustado muito os seus espectadores que têm relatado nas redes sociais o quanto ficaram assustados ao assistir à trama. 

Veja Também: Riverdale: Divulgada primeira imagem de Shannen Doherty no tributo a Luke Perry

“Tive que parar de assistir testemunha fantasma, porque dá medo demais”, confessou uma internauta. “Vendo filme de terror. A testemunha fantasma. Cagado”, relatou outro. “Eu deveria estar dormindo, e não assistindo Testemunha Fantasma. Que filme siniiistro Netflix, pqp. Não consigo tirar a coberta da frente do olho”, descreveu uma terceira. “Sozinha em casa assistindo testemunha fantasma… assustadah”, afirmou mais uma.

Com o título original de “Errie”, o longa filipino narra a história de  Erika, personagem de Gillian Vicencio, que cometeu suicídio ao se enforcar no banheiro de uma escola católica só para meninas. Após a morte, o espírito da adolescente passa a assombrar o prédio. A orientadora Pat Consolacion, vivida pela atriz Bea Alonzo, consegue se comunicar com o fantasma e também se envolve com as colegiais vivas na esperança de ajudá-las a lidar com o presente dentro do colégio. Na tentativa de desvendar um passado ainda misterioso, Pat entra em conflito com o padre e com a irmã Alice (Charo Santos-Concio), a freira que dirige o colégio.

Porém, a produção, que não tem a opção de ser vista dublada (apenas com a opção de assistir com áudio original e com legenda em português) também não agradou muita gente que criticou a trama. “Testemunha Fantasma, não percam seu tempo. Que filme lixo!”, “Vi 30 minutos de Testemunha Fantasma e parei, ô bagulho ruim”, “acabei de assistir o testemunha fantasma pelo hype, tava esperando um espiritos 3.0, mas na verdade ta mais pra gasparzinho”, foram algumas das reações.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui