The Batman explorará trauma de Bruce Wayne e surpreenderá público, garante roteirista

Mattson Tomlin
Mattson Tomlin (Reprodução/ Twitter)

Em alguns dias vai acontecer a DC Fandome, evento da editora em parceria com a Warner Bros. para anunciar seus novos lançamentos, e dar um gostinho aos fãs do que vem por aí. Uma das produções mais aguardadas é The Batman, que mostrará uma versão diferente e mais jovem do Homem-Morcego, do que aquela feita por Zack Snyder, em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Enquanto isso não acontece, os admiradores de Bruce Wayne estão se deleitando com algumas declarações feitas por Mattson Tomlin, roteirista do projeto, que revelou recentemente que o longa explorará de forma surpreendente o trauma mais profundo do personagem.

“É o começo. Eu acho que, em primeiro lugar, é uma versão mais jovem do que as versões mais recentes que vimos… Eu acho que Matt Reeves como cineasta, se você olhar para qualquer um de seus trabalhos, seja Deixe-Me Entrar (Let Me In), Cloverfield – O Monstro ou Planeta dos Macacos, ele está sempre vindo de um ponto de emoção, nunca é a grande coisa da ação. É sempre sobre o que seria a alma desse personagem”, começou ele em entrevista para o Den of Geek.

“Acho que olhar para o Batman como alguém que passou por esse trauma, e tudo o que ele está fazendo é uma reação a isso, em vez de fugir disso, acho que este filme se inclina para isso em algumas maneiras divertidas e surpreendentes. Acho que é tudo o que posso dizer sem ser xingado”, concluiu. Anteriormente, o diretor Matt Reeves havia dito que esta versão do personagem estava intimamente liga a como ele se tornou um combatente do crime em Gotham City. “Há algo ali que parece muito psicológico, muito emocional, e parecia que havia uma maneira de explorar isso junto com a corrupção neste lugar, Gotham”, falou ele ao Nerdist. The Batman tem previsão para estrear no segundo semestre do ano que vem.

ankara escort