The Blacklist: Saiba como foi produzida a animação que encerra a 7ª temporada

7ª temporada de The Blacklist (Imagem: Divulgação)

A pandemia de covid-19 foi uma pedra no sapato de muitas pessoas, empresas e países, mas atingiu em especial a indústria do entretenimento. Com séries paralisadas, gravações suspensas, o jeito foi improvisar e ser criativo como bem demonstraram os produtores de The Blacklist, que optaram por um desfecho feito por animação para a sétima temporada.

“The Kazanjian Brothers (No. 156/157)”, episódio que irá o ar nesta quinta-feira (18), às 22h, no AXN, surgiu de uma reunião de roteiro entre Jon Bokenkamp e John Eisendrath, o criador da série.

Os dois decidiram trazer o charme dos quadrinhos e motion-pictures para o coração da série ao criarem o episódio, que conta com parte das cenas animadas. Os atores precisaram realizar a captação de áudio em suas casas, tarefa especialmente difícil para James Spader, astro do show, que passa a quarentena em uma barulhenta fazenda do século 19. 

Os produtores dirigiram o trabalho remotamente e, contaram com auxílio do mesmo estúdio responsável por “Homem Aranha Longe de Casa” (2019), em um trabalho de 24 horas diárias.

A ideia de produzir este encerramento em animação, surgiu em março, por meio de um brainstorm entre os produtores executivos da série. Bokenkamp explicou que a saída foi tomada devido aos elementos de graphic novels e quadrinhos que a história tem a possibilidade de trazer.

Dentre uma das maiores dificuldades na criação da animação James Spader elege a captação do áudio para que remetesse a uma fazenda do século 19. O desenho foi criado em sua boa parte em Londres, pelo estúdio Proof Inc e coordenado pelos produtores no estúdio Proof Inc.

“Enquanto a gente dormia, Londres estava trabalhando, e analisávamos o material feito por eles de dia já pela noite, fazendo nossas sugestões de mudanças, executadas por Londres no dia seguinte. Como o time espalhado por diferentes fusos, trabalhamos 24 horas por dia para concluir a animação a tempo”, disse Bokenkamp.