Sombras da Noite
Sombras da Noite (Imagem: Divulgação)

Os amantes do terror podem se animar, segundo o Deadline, o canal The CW planeja uma continuação para a série Dark Shadows, conhecida no Brasil como Sombras da Noite

A produção original, concebida por Dan Curtis, foi ao ar no canal americano ABC entre os anos 1966 e 1971 e atraiu um enorme sucesso ao combinar a formula de soap opera (como são chamadas as novelas na televisão americana) com elementos góticos e sobrenaturais

Exibida em horário diurno seu enredo envolvia zumbis, vampiros, bruxas, fantasmas e outras aparições que se manifestavam ou eram atraídas para a mansão da tradicional família Collins, localizada em Collinsport no estado do Maine, assombrada por uma maldição há 400 anos. 

Durante os seus cinco anos o seriado recebeu seis temporadas, mas suas exibições diárias fizeram com que o programa reunisse a marca impressionante de mais de mil episódios.

Em 2012, o diretor Tim Burton realizou um revival do seriado nos cinemas, em um filme do mesmo nome estrelado por Johnny Depp, Michele Pfeiffer e Helena Bonham Carter, outros duas produções foram feitas na década de 70 pelo próprio Curtis. Com um conteúdo diluído entre programas de TV, rádio, romances e filmes, os planos do canal são uma nova adição ao universo do show.

De acordo com o Deadline, a continuação que será um drama, terá uma hora de duração e deve receber o título de Dark Shadows: Reincarnation (Sombras da Noite: reencarnação, em tradução livre), entretanto, a nova série não é um reboot, ao invés disso é descrita como uma “continuação” o roteiro deve ser assinado por Mark B. Perry responsável por séries como “Lei & Ordem” e a hoje Cult, “Anos Dourados”.

O canal The CW ainda não divulgou informações sobre datas, inicio da produção ou elenco.  É interessante notar que a série original se tornou famosa, também, por seu enredo repleto de reviravoltas, diversas tramas simultâneas complexas, que chegavam a envolver linhas temporais diferentes. Resta esperar para ver se a nova produção fará jus a esse legado.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui