“The Good Fight”: Tem vilão de volta na 4ª temporada!

4ª temporada de “The Good Fight” (Imagem: Divulgação/ TVLine)

Tem vilão de volta na quarta temporada de The Good Fight. O ator Zach Grenier retorna para o elenco regular da série na pele de David Lee, seu personagem na trama. E ele já pode ser visto na imagem acima, divulgada junto com o anúncio da sua volta, exclusivamente pelo site TVLine.

O seu personagem, que surge depois da saída de Roland Blum, vilão interpretado por Michael Sheen, já esteve presente no primeiro ano da série derivada e em sete temporadas de “The Good Wife”, a produção que deu origem ao programa.

O spin-off, criado por Michelle King, Robert King e Phill Alden Robinson, também conta com Christine Baranski, Cush Jumbo, Sarah Steele, Delroy Lindo, Paul Guilfoyle, Erica Tazel e Bernadette Peters.

A 4ª temporada de “The Good Fight”, que acompanha um escritório de advocacia de alto nível em Chicago, está prevista para ser lançada em março de 2020.

 

Recepção

No Rotten Tomatoes a série possui uma ótima aprovação de 96% no geral, mantendo boas avaliações de cada uma das três temporadas já finalizadas. A última que estreou, por exemplo, lançada em 14 de março deste ano e teve seu último episódio exibido no dia 16 de maio, também possui uma aprovação de 96%, com base em 23 avaliações da crítica especializada. O consenso diz: “A terceira temporada de The Good Fight não dá nenhum soco, dobrando os comentários sociais, mantendo as sensacionais delícias do programa para criar um dos melhores dramas da TV.”

Nina Metz, do Chicago Tribune, disse: “O programa legitimamente me estressa – de uma maneira boa.” Melanie McFariand, do Salon.com, escreve: “Poder inspirador, cobrindo uma vasta gama de eventos atuais sem sobrecarregar excessivamente cada episódio com uma fúria didática e benéfica.” Já Liz Shannon Miller, do indieWire, comenta: “É um programa com um genuíno senso de inovação em jogo, uma revolta silenciosa escondida por trás da máscara de um drama jurídico… Vale a pena descobrir a boa luta por si mesmo por seus próprios méritos, e é muito mais fácil recomendá-lo.” E Dan Flenberg, do Hollywood Reporter, fala: “The Good Fight, em pouco tempo, tornou-se um espetáculo fantástico por si só e não deve estar na sombra de sua plataforma ou do programa bem-conceituado do que se originou.”

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort