The Office: Casamento de Jim e Pam quase teve morte bizarra de cavalo

Jim e Pam em The Office (Imagem: Reprodução)

Para os fãs de The Office, o casamento de Pam (Jenna Fischer) e Jim (John Krasinski) é um dos momentos mais emocionantes da série. No entanto, o momento poderia ter ganhado um desfecho um tanto inusitado. De acordo com a explicação do produtor Randy Cordray no livro The Office: The Untold Story of The Greatest Sitcom of the 2000s, por pouco o ex-noivo de Pam, Roy Anderson (Dave Denham), não abalou o casamento com seu retorno em um cavalo, na tentativa de impedir a união do casal e reconquistar a ex.

Na trama, Roy chegaria com seu cavalo e ao falhar com seu plano de reconquistar Pam, acabaria em diálogo grotesco com Dwight Schrute (Rainn Wilson). “Dwight Schrute, cavaleiro e agricultor de beterraba que ele é, viria depois do casamento. Ele está saindo da igreja e vê Roy desanimado, sentado no meio-fio, segurando as rédeas do cavalo. E ele diz: ‘Muita sorte, amigo, que não deu certo como você queria, não é?”, disse o produtor sobre o episódio [via ComicBook]. “E Roy dizia: ‘Não, e eu estou preso com esse cavalo estúpido. Paguei pelo cavalo pelo resto do dia’. E Dwight diz: ‘Ei, sou conheço cavalos. Eu posso cuidar dele’. Ele pega as rédeas e a guia de volta aos estábulos, mas Dwight, de alguma forma, acaba andando pelas margens do Rio Niagara”. Então, o animal acabaria se jogando nas Cataratas.

Paul Feige, diretor do episódio, também comentou a possível trama. “Lembro que todos os escritores estavam vindo para mim como ‘Não podemos fazer isso. Você não pode matar um cavalo. É uma loucura'”, disse o cineasta. “Todo mundo ficou em cima de Greg [Daniels, criador e showrunner da sitcom], e Greg falava, ‘Estou dizendo, isso vai dar certo’. Ele estava gostando e todo mundo estava pirando”. De fato, a cena não aconteceu, por pressão da equipe e, principalmente, de Steve Carell.

As nove temporadas de The Office estão disponíveis no Amazon Prime Video.