The Umbrella Academy: Showrunner garante que já sabe exatamente como será o final

The Umbrella Academy, 2ª temporada (Imagem: Divulgação/ Netflix)

Steve Blackman diretor de The Umbrella Academy está trabalhando em cima de uma nova temporada da série, mesmo que a segunda tenha acabado de chegar na Netflix. Em um bate-papo com o site Collider, ele falou sobre a possibilidade de a terceira temporada ser sua última seguindo uma tendência da plataforma de streaming que tem terminado suas séries originais sempre com três temporadas.

“Bem, eu sempre fico emocionado quando ganho outra temporada. Eu acho que existe material suficiente para fazer mais de três temporadas, se tivermos sorte o suficiente. Eu acho que há um limite para quantas cenas poderíamos fazer. O maravilhoso é que, se tivéssemos várias temporadas depois disso, existem 43 crianças que nasceram naquele dia e há lugares para ir. Há muitas histórias maravilhosas sobre as quais Gerard me contou, onde quer ir com a graphic novel. O que é ótimo é que temos um material maravilhoso e uma ótima colaboração com Gerard e Gabriel, então eu gostaria de pensar que temos mais temporadas em nós”, disparou ele ressaltando que tem Gerard Way, autor das histórias em quadrinhos que originaram o programa de TV como um grande parceiro.

Sobre a produção de um novo ciclo de episódios, ele explicou como tudo tem sido: “COVID complicou tudo para todos nós na produção, não apenas no nosso programa. Não queremos ficar fora do ar por mais de um ano e um pouco, então, teoricamente, gostaríamos de começar no início de 2021. Mas, novamente, isso está no ar até termos uma terceira temporada confirmada e ver como nós fazemos. Mas queremos começar em algum momento, então não ficaremos fora do ar por mais de um ano e meio. Isso levaria muito tempo para os fãs esperarem”.

O showrunner afirmou que não gosta de ir fazendo episódio atrás de episódio, e precisa ter na sua cabeça algo que lhe remeta como a história irá terminar. “Não, eu tenho que saber o fim. Eu sei que existem certos programas, especialmente procedurais [caso da semana], que não têm muita narrativa linear que importa, em termos de caráter. Eu não poderia fazer um show que eu não soubesse antes de começar, qual era o fim. Quando fui ao Netflix, disse a eles: ‘Conheço bem o meu final de partida’. Com o começo e o fim, eu tenho que conhecer essas peças para contar uma história coesa”, concluiu.

ankara escort