The Witcher: Showrunner explica batalha de Blaviken em detalhes

Henry Cavill em The Witcher
Henry Cavill em The Witcher (Divulgação)

Sucesso da Netflix, The Witcher é muito mais do que apenas lutas de espada e matança de monstros, porém convenhamos que essas sequências são realmente de tirar o fôlego. Para aplacar um pouco da curiosidade dos fãs, a showrunner Lauren S. Hissrich explicou em detalhes como foi produzida a Batalha de Blaviken.

O momento em questão se dá ainda no primeiro episódio, quando Geralt de Rivia, vivido por Henry Cavill, encontra Renfri, uma mutante que pode potencialmente trazer o apocalipse sobre a humanidade e que está sendo perseguida pelo mago Stregobor. Vendo-se obrigado a escolher “o menor mal”, ele enfrenta não só a personagem como todos os integrantes da sua guarda.

Quando escrevemos e quando gravamos [o episódio], dividimos em duas sequências. A primeira chamada de luta dos salteadores e a segunda chamada a luta da Renfri, E o que queríamos fazer era mostrar dois lados diferentes do Geralt”, revelou Lauren. Ou seja, a forma como o caçador se porta em ambos os momentos é oposta.

Com os salteadores, são provavelmente 30 segundos na tela e ele mata várias pessoas sucessivamente sem pensar duas vezes, e você percebe as habilidades do Geralt, e que ele é treinado para ser uma máquina de matar – é isso que ele é treinado para fazer”, continuou. “Eu expliquei ao Wade Eastwood e Wolfgang Stegemann, que fizeram a coreografia, que na segunda metade o Geralt não quer matar a Renfri.”

Nós o colocamos em uma posição defensiva, e não acho que isso é feito normalmente. Eu queria mostrar que ele pode ser uma máquina de matar, mas que ele não precisa ser. Tiramos alguns diálogos da luta porque não eram necessários, mas ele basicamente está dizendo, ‘Nós não precisamos fazer isso. Vamos conversar, vamos resolver isso'”, completou.

The Witcher já foi renovada para a segunda temporada e as gravações devem começar em breve, e é claro, mal podemos esperar por mais batalhas icônicas no segundo capítulo da história.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.