Tô Ryca 2: Conheça a história da sequência estrelada por Samantha Schmutz

Tô Ryca!
Tô Ryca 2 (Imagem: Divulgação)

Lançada em 2016, a comédia Tô Ryca!, estrelada por Samantha Schmutz foi um dos maiores sucessos nacionais daquele ano. Agora, o filme ganhará uma sequência que deve chegar às salas brasileiras pela Paris Filmes no dia 23 de junho deste ano. 

Desta vez, Selminha (Schmutz) deixou seus dias de frentista para trás e concentra-se em esbanjar a fortuna que herdou. Tudo é posto a prova quando uma estranha com o mesmo nome aparece e se diz a “herdeira legitima”.

A partir daí não tem mais conversa: os bens de Selminha são congelados e ela passa a viver com a quantia mínima que a justiça concede até que o processo seja resolvido; nada além de um salário mínimo por mês. 

De pobre a milionária a pobre outra vez, Selminha passa a viver com trinta reais por dia, e junto com a falência da patrona toda a comunidade de Quintino também volta para o aperto. Resta a Selminha arregaçar as mangas e ir à luta dar um jeito na situação.

A comédia conta ainda com Katiuscia Canoro, Marcelo Melo Jr, Anderson Di Rizzi e Evelyn Castro como parte do elenco principal. A direção fica por conta de Pedro Antonio.

A continuação tem a árdua missão de agradar a crítica, que não aprovou muito bem a mensagem que o primeiro filme, lançado em 2016, quis passar. “A comédia tem todos os defeitos necessários para afugentar os fãs de cinema: roteiro capenga, atuações caricatas e piadas manjadas, muitas delas apoiadas em estereótipos e situações repetitivas”, descreveu o crítico Anderson Gonçalves, do Gazeta do Povo.

“Longe de ser uma premissa original, Tô Ryca tem, ao menos, duas atrizes com talento para o humor, mas, mal servidas pelo roteiro escrito de Fil Braz, que as desperdiça em situações sem muita graça e óbvias”, disparou Alysson Oliveira, do Cineweb.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.