Filme Coringa
Foto promocional com cena de Joaquin Phoenix em Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Uma das cenas que tem se tornado cartaz do filme Coringa, de Todd Phillips, não estava no roteiro. Entretanto, a cena foi levada para o corte final do longa. Agora, o diretor comentou o trecho, a pedido do veículo de notícias The New York Times. Phillips contou que a atitude de Arthur Fleck (verdadeiro nome do personagem Coringa) surgiu de uma conversa com o ator Joaquin Phoenix (intérprete do papel) durante os sets de filmagem.

Segundo as revelações de Phillips ao The New York Times, a cena do banheiro, na qual Coringa aparece dançando, estava prevista para ocorrer de modo diferente, mas o conteúdo não agradou ao ator e ao próprio Todd Phillips. Inicialmente, o personagem iria entrar no banheiro, esconder uma arma que estava com ele e lavar o rosto, tirando sua maquiagem de palhaço da face. “Não parece algo que Arthur faria”, afirmou Phoenix a Phillips. Então, a cena foi reformulada.

De acordo com Phillips, a equipe estava esperando no set de filmagem há cerca de uma hora. Então, ele mostrou ao ator principal uma das composições da musicista islandesa Hildur Gudnadottir. Joaquin Phoenix começou a dançar, dando origem à cena. Phillips explicou: “Fez sentido para nós porque, quando conheci Joaquin e começamos a discutir Coringa, falei para ele que Arthur é uma daquelas pessoas que têm a música dentro de si”.

Ele ainda completou: “Então, música e dança se tornaram temas neste filme. E essa é a segunda vez que o vemos dançando, como se fosse uma pequena prévia do Coringa”. A revelação do diretor vem em meio às boas novas do filme.

Coringa tem se mostrado, até o momento, um sucesso de bilheteria, batendo recordes em sua estreia nos Estados Unidos e somando boas receitas ao redor do mundo. Tendo estreado no último dia 3 de outubro nos cinemas brasileiros, o filme segue em cartaz por aqui.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui