Tom Payne, o Jesus de The Walking Dead conta que ficou decepcionado com seu personagem

Jesus (Tom Payne) em The Walking Dead
Jesus (Tom Payne) em The Walking Dead (Divulgação/ AMC)

Ator que interpretou o personagem Jesus na série The Walking Dead falou em nova entrevista sobre entender o motivo pelo qual os fãs se sentiram decepcionados com seu personagem. Chamado Paul Rovia, e apelidado de Jesus devido à sua aparência próxima à representação física do personagem bíblico, o personagem nos quadrinhos era um dos mais queridos e carismático, agindo como líder, além de ser visivelmente um mestre em artes marciais.

Nas páginas escritas por Robert Kirkman, ele ganhou tanto espaço que virou o principal confidente do protagonista Rick Grimes, o que não aconteceu na TV. Por lá Jesus era como um personagem paralelo, e muitos de seus momentos nos quadrinhos sequer aconteceram no programa da AMC (exibido no Brasil pela Fox). Mas quando os fãs tiveram esperança de que ele pudesse ser retratado fielmente, ele acabou morrendo na nona temporada.

Payne explicou que entendeu o quanto os fãs se desapontaram com seu Jesus na tela, porque quando conquistou o personagem tratou de ler todas as histórias em quadrinhos de The Walking Dead, para fazer jus, mas também ficou insatisfeito com a falta de espaço.

“Eu ia às convenções, e tive uma resposta tão grande dos fãs desde o início, porque todos amavam o personagem dos quadrinhos, e então adoraram quando ele apareceu no programa. Então todo mundo estava muito animado, mas depois, e eu acho que um monte de gente ficou um pouco decepcionada…”, disse Payne.

“Quando nada realmente aconteceu com esse personagem, essas pessoas falaram, ‘Por que todo mundo estava nos dizendo que esse personagem era tão legal?’ Houve muito acúmulo, e eu acho que às vezes isso não é útil. Acho que talvez não tenha sido útil para mim ler os quadrinhos, porque o show é um pouco de um remix. Mas sim, definitivamente tiveram alguns momentos legais nos quadrinhos que eu não tive”, disparou em entrevista ao podcast Talk Dead To Me. Tom Payne já havia demonstrado insatisfação com o personagem anteriormente em uma entrevista ao The Talking Dead, programa que vai ao ar na AMC após cada episódio.