Tony McNamara, de A Favorita, fala sobre os desafios da série The Great

Nicholas Hoult e Elle Fanning na primeira temporada de The Great (Imagem: Divulgação)

Estrelada por Elle Fanning (‘Malévola’, ‘Por Lugares Incríveis’) e Nicholas Hoult (Tolkien), The Great estreou em meados de maio no Hulu e conquistou boa recepção tanto do público quanto da crítica. A série de drama e comédia foi desenvolvida por Tony McNamara, co-roteirista do aclamado “A Favorita” e do vindouro live-action “Cruella”, estrelado por Emma Stone. Em entrevista concedida à Entertainment Weekly, o cineasta, indicado ao Emmy 2020 pelo roteiro do primeiro episódio da produção, contou como foi trazer para a TV uma história que ele planejava fazer um longa.

Levemente baseada na história real de Catarina, a Grande, a série de dez episódios mostra o conturbado casamento da jovem Imperatriz (Fanning) com perigoso e infantil Imperador Pedro III (Hoult). A trama, que ocasionalmente mostra fatos verdadeiros, gira em torno dos primeiros anos da relação e segue Catarina tentando planejar a morte do marido, que ela acredita ser uma ameaça para todos e é muito diferente de quem sonhava.

“Eu acho que quando você sabe que está fazendo algo que provavelmente é um pouco diferente, você não sabe se essa diferença vai ser boa ou a coisa que faz as pessoas não gostarem do seu show”, disse o criador da série. “Então era um pouco como A Favorita. Não sabíamos que o que tínhamos feito iria agradar às pessoas. Você sabe? Nós gostamos”.

Sobre o lançamento durante a pandemia, McNamara acredita que foi oportuno. “É um bom momento para algo divertido, anárquico e solto surgir quando o mundo está tenso e ansioso, então provavelmente o momento foi bom, porque emocionalmente era provavelmente o que as pessoas precisavam: um pouco de uma comédia catártica e anárquica do que ansiedade reprimida em bloqueio”, afirmou.

Originalmente planejada como um filme, a história ganhou um novo rumo durante uma conversa do criador com sua esposa. “Nick [Hoult e Elle Fanning] leram o [roteiro do] filme, e ambos gostaram e disseram que estavam interessados”, contou. “E enquanto eles liam, eu conversei com minha esposa e ela disse: ‘Por que você não faz na TV? Você está sempre reclamando que [um filme] não é tempo suficiente para contar a história direito. E você adora fazer TV’. Então, quando Nick e Elle voltaram, eu disse: ‘Oh, que ótimo! Querem fazer isso na TV?’ Fazia muito tempo que não viam televisão. Acho que eles estavam entusiasmados com o que seria um programa de TV, então foi assim que começou”.

No início do mês passado, o Hulu renovou The Great para a sua segunda temporada. “Vai ser divertido”, disse Tony McNamara sobre o próximo ciclo. “Eu realmente não tenho nada para dizer. Quer dizer, acho que só se baseia no que fizemos e vira um pouco de cabeça para baixo. Acho que é o mesmo tipo de show, mas espero que seja surpreendente de uma forma um pouco diferente”.

No Brasil, a primeira temporada de The Great está disponível no Starzplay.

Assista ao trailer:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.