Tradicional especial de natal do Britain’s Got Talent não será realizado após equipe ser contaminada

Final do Britain's Got Talent 2020
Final do Britain’s Got Talent 2020 (Reprodução)

Sucesso há anos entre o público britânico, o programa Britain’s Got Talent também foi afetado pelo coronavírus, e assim impedido de gravar seu já tradicional especial de natal para o canal iTV depois que três membros da equipe testaram positivo para a doença. O programa deveria ter sido filmado na última terça-feira, 13 de outubro em Londres, mas todos os envolvidos foram informados que as gravações seriam canceladas.

Nos corredores da emissora já se fala sobre a impossibilidade de o programa ser produzido neste ano, embora entre a equipe o clima é de esperança de que ele ainda possa acontecer já que representa algo muito tradicional para o público da Inglaterra. Uma porta-voz da Britain’s Got Talent disse: “Como resultado de um resultado positivo do COVID-19 recebido ontem, implementamos nossos protocolos e vários membros da tripulação estão se isolando em casa”, disse para o site Deadline.

“Como resultado, não podemos continuar a filmar nosso especial de Natal BGT hoje e tomamos a decisão de adiar. A segurança de todos os envolvidos no show é nossa prioridade número um e seguimos extensos procedimentos relacionados ao COVID-19 para cumprir todas as diretrizes governamentais”, completou.

A 14ª temporada do Britain’s Got Talent terminou no último sábado, após um longo hiato entre as audições pré-gravadas e as finais ao vivo como resultado do bloqueio no Reino Unido. O comediante e performer Jon Courtenay foi coroado campeão diante de 5,9 milhões de espectadores. O formato de entretenimento é um dos programas mais recentes do Reino Unido a ser afetado pela pandemia à medida que os produtores se ajustam a uma nova realidade em que pausas, atrasos e adiamentos de produção se tornam comuns. Outros programas que sofreram impacto nas últimas semanas incluem os dramas Sky Brassic e A Discovery Of Witches.