Triste notícia envolvendo Guardiões da Galáxia e James Gunn é revelada

Guardiões da Galáxia (Imagem: Divulgação)

O diretor James Gunn afirmou que seu tempo na Marvel Studios está quase no fim, e provavelmente se encerrará com Guardiões da Galáxia Vol. 3, que já foi inteiramente escrito, mas ainda não começou a ser produzido. A equipe de heróis intergaláticos estreou nas telonas em 2014, encabeçada por Cris Pratt, como o Peter Quill, o Senhor das Estrelas, Drax (Dave Bautista), e Groot (Vin Diesel). Uma sequência do filme pôde ser vista em 2017.

A terceira parte da franquia no entanto passou alguns transtornos, a começar pela demissão de Gunn da Disney após alguns posts impróprios nas redes sociais. Neste meio tempo, ele foi contrato pela concorrência, a DC Filmes para criar e dirigir O Esquadrão Suicida, cujas gravações já foram finalizadas.

Anunciada a recontratação de Gunn como diretor de Guardiões 3, ele revelou recentemente através de uma sessão de perguntas e respostas no Instagram que são remotas as chances de ele trabalhar num quarto longa de Quill e companhia. Tudo começou quando um fã questionou essa possibilidade, alegando que o cineasta havia dito que não trabalharia em um segundo filme, e acabou fazendo-o.

“Eu absolutamente nunca disse que não faria um volume 2, porque desde o início eu planejei que Os Guardiões fossem uma trilogia. Eu não tenho planos de fazer um quarto filme”, disparou ele. Por enquanto a trama do terceiro filme permanece em segredo enquanto os fãs já apresentaram algumas teorias sobre o que elas possam representar.

O que se sabe é que Rocket terá um grande destaque no filme e que o roteiro foi considerado um ponto forte. A última declaração recebeu recentemente credibilidade, com Gunn também revelando durante as perguntas e respostas que Guardiões da Galáxia Vol. 3 apresentará uma morte . A ideia de o terceiro filme ser o último é comum já que aventuras solo costumam se dividir em três, com exceção de Thor que ganhará uma quarta parte com Amor e Trovão.

bostancı escort