Troca-Troca: Ator alega problemas de agenda, e é substituído em novo Missão Impossível

Nicholas Hoult
Nicholas Hoult (Divulgação)

O adiamento das filmagens de longas e séries de TV está mexendo não só com a cabeça, mas com as agendas dos atores, e com isso, muitos deles estão pulando fora de alguns projetos, como é o caso de Nicholas Hoult, que não será mais o vilão de Missão Impossível 7, conforme previsto anteriormente.

A Paramount Pictures confirmou após notícia dada pelo site Deadline, que Hout será substituído por Esai Morales. Ele havia sido escalado para o papel de vilão no início deste ano, mas pediu para sair devido a conflitos de agenda. A produção do filme foi encerrada na Itália em fevereiro devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Esai Morales em Titãs
Esai Morales em Titãs (Divulgação/ DC Universe)

Cruise está retornando como o agente secreto aparentemente indestrutível Ethan Hunt para mais dois filmes da franquia. A Paramout recentemente adiou a data de lançamento da sétima parte, que agora tem estreia marcada para 19 de novembro de 2021. A oitava parte também foi adiada e chegará às telonas em 4 de novembro de 2022.

O diretor Christopher McQuarrie dirigirá ambas as partes, e chegou a explicar o motivo de querer dividir a história em dois filmes: “Quando começamos a fazer Fallout, eu disse a Tom: ‘Eu realmente quero tornar isso mais uma jornada emocional para o [personagem de Cruise, Ethan Hunt]. Entrando nisso, eu disse: ‘Quero pegar o que aprendemos em Fallout e aplicá-lo a todos os personagens do filme. Quero que todos tenham um arco emocional. Eu só quero que o filme tenha mais sentido”

“Percebemos que tínhamos um filme de duas horas e 40 minutos. E todas as cenas eram necessárias. O final do primeiro filme se encaixou. Sabíamos qual era o final e sabíamos o que era o começo”. McQuerrie foi o único diretor da história da franquia a retornar para a cadeira. Anteriormente, ele havia comandado Missão Impossível: Efeito Fallout.