Um novo filme de “A Morte do Demônio” está em desenvolvimento

A Morte do Demônio, remake de 2013 (Imagem: Divulgação)

O cineasta Sam Raimi, criador da franquia A Morte do Demônio, já confirmou ao Bloody Disgusting que os clássicos filmes de terror sobrenatural ganharão mais uma sequência, que já está em desenvolvimento. Na verdade, ainda não tem detalhes se a história seguirá diretamente a franquia original ou se será um remake.

Infelizmente Bruce Campbell, intérprete de Ash Williams, não reprisará o seu personagem, mas está envolvido no novo projeto como produtor. “Os fãs vão ver versões diferentes de ‘A Morte do Demônio’, mas não terminamos a saga. Há mais histórias para contar”, disse o ator ao Inquistr.

Durante uma convenção nos Estados Unidos, Campbell confirmou que um novo cineasta irá comandar o novo filme. “Não há problema em passar para outro idiota para tentar impedir o mal de destruir o mundo”, falou o ator sobre a possibilidade de um “novo” Ash para liderar o longa. “Um idiota tentou – ele se saiu muito bem. É hora de deixar outras pessoas inocentes sem habilidade tentarem salvar o mundo. E há mais história para contar”, disse. [via Bloody Disgusting]

O ator continuou: “Então achamos que temos uma premissa legal. Temos um novo cineasta escolhido por Sam Raimi. Então ele está muito envolvido nisso. Estará envolvido na história. E tentaremos garantir que os atores não sejam completamente ruins. E então nós vamos fazer outro, sim. Há muitas histórias… livros assustadores… muitas pessoas para atormentar.”

Ao que tudo indica, Fede Alvarez, diretor do remake lançado em 2013, não retorna para dirigir o novo filme. No entanto, a ausência dele não indica que a história não possa ser uma continuação da que ele comandou. O futuro da franquia ainda reserva muitos mistérios. Poderia ser um longa novo sem Ash? Ou talvez a sequência do remake de Alvarez? A certeza, por enquanto, é que está em desenvolvimento e não contará com o Ash Williams de Bruce Campbell.

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.