Universal dá resposta sobre boato envolvendo ânus de personagens em Cats

Cena do filme Cats (Imagem: Reprodução)

A internet praticamente virou de cabeça pra baixo ao descobrir que em lugar por aí possa existir uma versão de Cats em que os ânus dos personagens são mostrados. Toda a história começou quando Seth Rogen retuitou uma mensagem do roteirista Jack Waz que dizia que ele conhecia um amigo que havia trabalhado nos efeitos visuais do filme, e foi responsável por retirar na edição os ânus de todos os personagens, que haviam sido colocados anteriormente para que eles aparentassem ser gatos de verdade.

Isso se espalhou como pólvora, e fez Rogen lançar uma campanha pedindo uma versão do filme que mostrasse os ânus dos ‘bichinhos’. Outra pessoa que supostamente trabalhou no filme, revelou que isso não passava de uma mentira, mas aí a Universal resolveu se posicionar oficialmente, através de seu representante que foi questionado sobre isso pela revista Vanity Fair.

“A pergunta sobre essa possível versão é o e-mail favorito de todos os tempos”, disse ele que completou “coloque isso na conta da natureza mágica e mítica do tesouro cinematográfico”, disse sem revelar se era verdade ou não. Bem Mekler, que foi um dos responsáveis por compartilhar o Tweet original de Waz, revelou ter conhecido outra pessoa que trabalhou nos efeitos do filme que explicou que as fantasias de peles usadas pelos atores, em diversas cenas se dobravam e davam no vídeo a impressão de serem ânus, ou órgãos genitais, mas por puro acidente.

“A tarefa (como é comum em trabalhos muito pesados de CGI) recaiu sobre os profissionais de 2D, que precisaram ‘pintar’ os possíveis artigos ofensivos, quando eram vistos. As análises eram diárias e constantes, e feitas de força embaraçosa por pessoas que tinham coragem de apontar esses defeitos”, explicou. Tal qual o corte de Zack Snyder de Liga da Justiça, uma versão de Cats diferente da que já foi oficializada não deve ir a público, sobretudo com erros nos efeitos.

 

Comentários