Universal Pictures toma decisão polêmica sobre o filme Cats

Taylor Swift em Cats (Divulgação)

2019 foi um ano marcado por diversas polêmicas, algumas inofensivas, outras nem tando. Dentre elas, a reação do público e da crítica ao filme Cats, adaptado da famosa peça da Broadway, se tornou uma das mais hilárias. Agora mais uma reviravolta entra para a história já complicada do longa.

Cats, que possui um dos elencos mais estrelados no ano com a presença de Judi Dench, Ian McKellen, Jennifer Hudson, Taylor Swift e Idris Elba, estreou nos cinemas sem que os efeitos especiais que ajudaram a transformar os atores em felinos estivessem completos. O fato sem dúvida não ajudou a produção, que foi “esculhambada” sem nenhum pudor.

Mesmo com esse contratempo, a Academia de Artes e Ciências, responsável pelos indicados ao Oscar, permitiu que o filme se tornasse elegível. Ao mesmo tempo, o diretor Tom Hopper revelou que uma nova versão, acabada, substituiria as cópias enviadas anteriormente.

Abandono

Infelizmente – ou felizmente? – todo esse esforço não adiantou muito, já que a Universal Pictures retirou seu apoio à candidatura de Cats, sem dúvida temendo mais uma enxurrada de críticas. No site oficial de “Para a sua consideração” restam apenas 1987, Nós, Abominável, Queen & Slim, Pets 2 e Como Treinar Seu Dragão 3.

O estúdio possui grandes chances de levar algumas estatuetas com 1987, aclamado drama de guerra, nas categorias Efeitos Especiais, Design, Roteiro, Direção de Fotografia, Trilha Sonora, entre outras; enquanto Cats amarga apenas 18% de aprovação no site Rotten Tomatoes.

Com suas escolhas grotescas de design e edição confusa, Cats é feio aos olhos como um espetáculo de Hollywood pode ser, esbarrando em um vale entre o realismo sarnento e artifícios distópicos”, diz a review do Los Angeles Times.

Quando se fala em faturamento a produção não se saiu muito melhor, com 12 milhões de dólares, aproximadamente um oitavo do orçamento. Nem toda a esperança está perdida, entretanto, já que o filme conseguiu ser indicado ao Globo de Ouro, e pode, mesmo sem o investimento da Universal, acabar sendo nomeado. É esperar para ver.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort