X-Men: Fênix Negra
X-Men: Fênix Negra (Imagem: Divulgação)

O filme X-Men: Fênix Negra saíra de cerca de 1.667 cinemas, nos EUA, em menos de um mês de exibição. Segundo a Exhibitor Relations Co., o longa só arrecadou US$ 208 milhões mundialmente, sendo considerado um fracasso. Por conta disso, os cinemas resolveram parar de exibir a produção. O prejuízo do filme poderá ser de US$ 100 milhões ou mais. X-Men: Fênix Negra ainda estão em cartaz no Brasil.

Em tempo, Tye Sheridan, o Ciclope, conversou com o Cinema Blend, e falou que o fim do longa foi mudado, já que a ideia era envolver Skrulls. “Originalmente estava no roteiro que Charles e Scott vão à ONU porque – nossa, eu vou estragar tudo isso – eles vão para a ONU porque vão tentar contar para o presidente ‘olha, estamos sendo atacados por aliens e eles capturaram Jean Grey”, disse.

Atores

“E então Jean chega na frente da ONU e causa… Há uma batalha enorme entre guardas da ONU e Jean Grey, e todos os guardas revelam ser skrulls. E então Jean e Scott estão… Scott está batalhando Skrulls perto da fonte, ele é jogado na fonte. Jean desce e começa a lutar contra todos os Skrulls e depois se lança no espaço. Ela basicamente diz adeus a Scott e Charles. E daí acabou, acho”, complementou.

A saber, a atriz que faz Jean Grey, Sophie Turner, falou que a morte da Mística foi difícil para ela. “Isso é o catalisador de tudo o que acontece no filme. Houve uma repercussão muito grande sobre a cena, mas eu levei a sério”, falou, para o USA Today. “É um trecho com muita emoção. Eu chorei e não conseguia me segurar, e então no minuto em que comecei a sentir frustração e raiva, pensei ‘é assim que a Jean deve se sentir agora’. O fato de que não consegui fazer a cena do jeito certo a tornou do jeito certo”, disse ainda.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui