Vin Diesel faz revelação ANIMADORA sobre continuação de Riddick

Riddick (Imagem: Divulgação)

Conhecido pelo seu personagem Dominic Toretto, de Velozes e Furiosos, o ator Vin Diesel também é lembrado pelos fãs de ação e ficção cientifica por dar vida a Riddick, um mercenário espacial oriundo do planeta Furya. A primeira aparição do anti-herói nos cinemas foi em “Eclipse Mortal” de 2000. A partir daí, outras produções foram feitas para explorar o personagem e convencionalmente tornaram-se a saga principal, tais como: A Fúria de Riddick (2004), As crônicas de Riddick (2004) e Riddick (2013).

Desde o último filme, a franquia que conta com curtas-metragens, jogos de vídeo game, animação e uma série de TV, estava dada como morta, mas Vin Diesel reanimou as expectativas dos fãs ao anunciar que o roteiro de Riddick 4 ficará pronto ainda esta semana.

A informação foi compartilhada no Instagram do ator, que publicou um vídeo e anunciou a novidade: “Feliz Sexta-feira Furiana…o novo roteiro de as Crônicas de Riddick, sairá na próxima semana”, escreveu o astro hollywoodiano na legenda da publicação.

Finalizado desde 2019, o roteiro estava em processo de revisão, além disso, Vin Diesel também confirmou, recentemente, que a sequência de O Último Caçador de Bruxas também está sendo escrita durante a quarentena. Não há previsão para início das filmagens.

Polêmica

Vin Diesel se envolveu em uma polêmica recentemente ao revelar estar em meio a uma guerra entre a Universal Pictures com o Sindicato dos Produtores da América (Producers Guild of America- PGA). O motivo para o desentendimento seria o fato do ator querer ser creditado como o produtor de todos os filmes da franquia Velozes e Furiosos.

“Feliz domingo criativo, pessoal… me desculpe por não estar postando muito ultimamente, tenho tentado mitigar uma guerra entre a Universal Studios e o Sindicato de Preconceituosos da América”, disparou na legenda de um post nas redes sociais.

Diante, a repercussão negativa, a Universal soltou um comunicado que explícita do que se trata esse barraco que tem rolado nos bastidores. “Nosso objetivo ao lançar Trolls 2 via on demand era oferecer entretenimento a pessoas que estão abrigadas em casa, enquanto cinemas e outras formas de entretenimento externo não estão disponíveis. Com base na resposta entusiástica ao filme, acreditamos que fizemos o movimento certo. De fato, dada a escolha de não lançar Trolls 2, que não apenas impediria os consumidores de assistir ao filme, mas também impactaria negativamente nossos parceiros e funcionários, a decisão foi clara.”

“Nosso desejo sempre foi oferecer entretenimento de maneira eficiente ao maior público possível. Acreditamos absolutamente na experiência nos cinemas e não declaramos o contrário. Como dissemos anteriormente, daqui para frente, esperamos lançar filmes futuros diretamente para os cinemas, bem como no video on demand quando esse canal de distribuição fizer sentido. Esperamos ter conversas privadas adicionais com nossos parceiros de exibição, mas estamos desapontados com a tentativa da AMC e da NATO de confundir nossa posição e nossas ações”, adicionou o porta voz da empresa sobre o contratempo.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.

bostancı escort